InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 Odeio-te - Capítulo 60 – Fim

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 10 ... 17  Seguinte
AutorMensagem
MaRianinhA

avatar

Número de Mensagens : 759
Idade : 24
Localização : With Him
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 08/05/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Ter 01 Jul 2008, 15:25

Oh falta-me dizer uma coisa.
Aquela cena que a rapariga do flahsback presenciou é verdadeira e foi a rapariga que é essa persinagem que viu.

xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
x Danie' =) Lis' x

avatar

Número de Mensagens : 751
Idade : 24
Localização : Aveiro
Tokio Hotel preferido : Georg Listing
Data de inscrição : 03/03/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Ter 01 Jul 2008, 16:49

OMG ..

a Parte do Flashback baralhou-me !!

silent

Posta mais ..

Quero saber como vai correr a festa !!

beijo ..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://daniella.hi5.com
MaRianinhA

avatar

Número de Mensagens : 759
Idade : 24
Localização : With Him
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 08/05/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Qua 02 Jul 2008, 06:27

Prontos.
Este é o meu preferido até agora. xD

Espero que voces gostem, ah e se quiseram, oiçam as musicas ao mesmo tempo que coiso. xD

[Karaoke] Hilary Duff - Someones Watching Over Me2.wav - Mariana Very Happy

Buttons - Pussycat Dolls

Capítulo 12 – Buttons

Já nos encontrávamos na discoteca para ensaiar mais uma e última vez antes do espectáculo. Haviam cinco cadeiras mais destacadas do público para a ideia do Andreas. Mas que primo no mínimo decente vai pedir a uma prima para dançar uma música em trajes menores no meio do público? O que ele queria sei eu muito bem o que era, para além de se babar para as minhas amigas ia mostrar que conseguia arranjar modelos para dançarem no bar dele, mas ele ajudou-me e eu vou faze-lo até porque acho divertido.
- Meninas vão para o camarim, vou abrir isto ao público. – disse o Andreas.
E lá fomos nós, vestimos os calções pretos justos e o top preto igualmente justo, por cima um top branco e a mini saia, calçado levávamos tacões pretos. Tudo brilhante ideia do Andreas, aquele rapaz mata-me. Estivemos montes de tempo no camarim até o meu primo se decidir a vir chamar-nos para a nossa actuação.

- E agora a surpresa da noite. Eu soube de umas modelos portuguesas que vieram para a Alemanha, elas têm uma banda e vêm aqui tocar. Meninas, por favor. – disse e saiu do palco.

**

Não queria acreditar quando a viu entrar e sentar-se no banco em frente ao microfone, simplesmente era bom demais. Reparou também na rapariga da guitarra, a rapariga do beco.

I found myself today
Oh, I found myself and ran away
Something pulled me back
Voice of reason I forgot I had
All I know is you're not here to say
What you always used to say
But it's written in the sky tonight

Ela olhou para o tecto tentando alcançar as estrelas, uma gota de água desceu pela sua face.


So I won't give up
No, I won't break down
Sooner than it seems life turns around
And I will be strong
Even if it all goes wrong
When I'm standing in the dark
I'll still believe
Someone's watching over me


Ela levantou-se e começou a passear pelo palco interagindo com os restantes elementos da banda, estava linda.

I´ve Seen that red light
And it's shining on my destiny
Shining all the time
And I won't be afraid
To follow everywhere its taking me
All I know is yesterday is gone
And right now I belong
To this moment to my dreams

Refrão

It doesn't matter what people say
It doesn't matter how long it takes
Believe in yourself
And you'll fly high
And it only matters how true you are
Be true to yourself
And follow your heart

So I won't give up
No, I won't break down
Sooner than it seems life turns around
And I will be strong
Even if it all goes wrong
When I'm standing in the dark
I'll still believe
That I won't give up
No, I won't break down
Sooner than it seems life turns around
And I will be strong
Even when it all goes wrong
When I'm standing in the dark
I'll still believe
That someone's watching over
Someone's watching over
Someone's watching over me
Yeah, yeah
Oh, oh, someone's watching over me


A música acabou, ela ainda não o tinha visto, nem ela nem a sua amiga. Quando toda a gente pensava que elas iam abandonar o palco, começa a tocar uma música das famosas Pussycat Dolls, Buttons. As raparigas retiram as peças de roupas brancas e debaixo delas surgem umas pretas bem mais sensuais. Dirigiram-se ao público dançando alegremente, desta vez com mais uma rapariga que não tinha tocado. Interagiam com os espectadores dançando bem perto deles.

**
Vi-o. Quando olhei para o rapaz que tinha à minha frente vi o Tom. Meu Deus eu nem queria acreditar, parei. Ele sorria para mim e no seu olhar sexy pediu-me para continuar.
- Go on!
Retomei a dança evitando olhar para ele para não me sentir corada, tive vontade de parar com aquilo tudo e sentar-me, contar-lhe tudo o que tinha para lhe contar, tudo e mais alguma coisa. Eu já sabia que ele estava aqui, a Raquel contou-me o seu pequeno episódio com um rapaz que fugia das fãs.
A música acabou, nós corremos para o camarim para nos pormos confortáveis e voltarmos para a festa. Não demorámos mais de quinze minutos. Saí a correr do camarim na anciã de encontrar o Tom, não o vi. O Andreas veio ter connosco e pôs-se a falar e a falar. Alcancei o Tom com olhar ele olhou para mim também, ambos sorriamos. Por respeito ao meu primo não saí dali, mas passados cinco minutos de torcas de olhares com o Tom o meu primo fez aquilo que eu queria.
- Vou-vos apresentar os meus amigos. – disse ele.
Levou-nos até ao grupo de rapazes onde Tom se encontrava. Tokio Hotel.
- Meninos, esta é a minha prima. – apontou para mim. – Mariana estes são o Bill, o Gustav, o Georg e o..
- Tom. – interrompi.
- Mariana. Andreas, desculpa estragar-te a apresentação, mas nós já nos conhecemos. Só não sabia que era tua prima. – gozou Tom, abraçou-me. – É bom voltar a ver-te, estás muito melhor assim. – sussurrou-me.
- Também é bom voltar a ver-te Tom.
- Eu sempre disse que raparigas bonitas não ficam bem a chorar. Tens muito que me contar.
– parou quando viu uma coisa que não queria – Eu já volto.
Ela tinha-o deixado no beco sem lhe dar oportunidade, como nenhuma rapariga o tinha deixado e agora estava ali quase em cima de outro gajo. Nem pensar. Dirigiu-se a eles devagar e confiante, não precisava de temer nada. Ela estava de costas para ele, com um simples gesto ameaçador sugeriu ao rapazinho que a acompanhava que desaparecesse e aí entrou em acção.
- Olá outra vez. – sussurrou ao ouvido dela.
- Tu? Andas a perseguir-me? – ela gozou.
- Não, mas tu parece que me andas a perseguir. Não me chegaste a dizer o teu nome, desta vez não sais daqui sem dizer. – aproximou-se dela ela riu.
- Se eu te disser desamparas-me a loja? – perguntou.
- Talvez. Nome. – pediu.
- Raquel, sou a Raquel. – respondeu.
- Eu sou o Tom, mas isso tu já sabias.
**
O Andreas estava entretido com o Gustav , com a Mary, com a Rute e com a Andreia. Conversavam sobre música, assunto do interesse de todos. Georg olhava descaradamente para Andreia, talvez fosse altura de ir falar com ela.
- Olá. – cumprimentou-a.
- Olá Georg. – ela retribuiu a saudação.
- Estás em vantagem, sabes o meu nome, eu não sei o teu.
- Andreia. – respondeu a rir. – Obrigado por me terem ajudado hoje. Se fosse outro qualquer batia e fugia para não arcar com as consequências.
- Como deves saber com a vida que levo não há falta de dinheiro, eu próprio me quero encarregar das despesas do teu carro. Mas e tu estás bem? – estava preocupado, era visível.
- Sim. Obrigado por tudo.
Um bocado mais ao lado estávamos eu e Bill. Ele parado a beber a sua cerveja, eu movimentando o meu corpo ao ritmo da música enquanto bebia também uma cerveja.
- Gostei da vossa actuação, a dança foi extraordinária. Admiro o teu trabalho como modelo, mas não sabia que eras boa em outras vertentes. – elogiou-me o rapaz dos cabelos negros.
- Obrigado Bill. Por aquilo que ouvi dizer que eras o santinho dos quatro, mas ainda bem que gostaste. Desde que conheci o Tom também tenho acompanhado o vosso trabalho.
- Se ser o santinho significa não ser tarado como o Tom e o Georg, sim, não sou. Mas felizmente ainda tenho olhos na cara para apreciar o que é bom. Desculpa se estou a ser grosseiro, mas tu e as tuas amigas são boas. – disse ele meio envergonhado.
-Já ouvi coisas bem piores acredita, isso não é nada grosseiro, é um elogio. Se tu soubesses as coisas que nós ouvimos na rua, principalmente de homens mais velhos ou então aqueles que trabalham nas obras. Só tens vontade de dizer, olhe lá sabe que a sua neta é capaz de ter a minha idade, pense nisso antes de fazer comentários desagradáveis. – respondi-lhe.
Ele riu e levantou-se.
- Vou à casa de banho, volto já.
Não fiquei sozinha na mesa durante muito tempo. O Tom e a Raquel pelos vistos tinham acabado a conversa, ela foi não sei para onde e ele veio ter comigo. Sentou-se ao meu lado e ficou a olhar para mim.
- Tom, para eu não gosto que estejam sempre a olhar para mim. – refilei incomodada.
- Prontos. Desculpa ter saído de Portugal à pressa, mas a banda teve de vir e eu tinha de vir também. – desculpou-se.
- Tom, este não é o melhor sitio para falarmos sobre isso. Não contaste aos outros pois não?
- Não. Eu sei que tu não me conheces bem mas tu podes confiar em mim.
- Eu sei, já me deste provas disso. – respondi-lhe.

__

E prontos.

Musica Rulla Very Happy

Beijinhoo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Líe
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 5265
Idade : 24
Localização : Loures,
Tokio Hotel preferido : Tommi
Data de inscrição : 04/01/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Qua 02 Jul 2008, 06:42

aaawwwwwww *__*
esta fic pá ^^

QUERO MAIIIIS <33

Hoje, hoje ,hoje, quero mais hoje ò.ó
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
M@r!ana

avatar

Número de Mensagens : 647
Idade : 20
Localização : Algures por aí xD
Tokio Hotel preferido : Bill Kaulitz
Data de inscrição : 26/04/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Qua 02 Jul 2008, 07:10

Atrasei-me! Desculpa, desculpa!
Quero mais!
mais, mais, mais!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twilight-portuguese.twilight-vampire.com
Funny Girl×

avatar

Número de Mensagens : 922
Idade : 22
Tokio Hotel preferido : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 24/09/2007

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Qua 02 Jul 2008, 07:36

Já estou a começra a perceber!!

Afinal era a Raquel...

O Bill também me saiu cá um saidinho da casca xD

Estou a gostar!

Posta mais sim??

bjitos~~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
x Danie' =) Lis' x

avatar

Número de Mensagens : 751
Idade : 24
Localização : Aveiro
Tokio Hotel preferido : Georg Listing
Data de inscrição : 03/03/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Qua 02 Jul 2008, 10:10

OMG ..

Está tãO linda !!

Posta maisssssssssssssssssssssss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://daniella.hi5.com
bêatriz'

avatar

Número de Mensagens : 1406
Idade : 23
Localização : Viseu
Tokio Hotel preferido : Georg Listing, I'm Yours
Data de inscrição : 12/12/2007

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Qua 02 Jul 2008, 18:14

MARIANA!!!!!!!!!!!!!

POE MAIS HOJE!!!
AGORA!!!

EU QUEROOO :' (

Anda lá, como prenda de anos (ja é dia 3 mas enfim) Por favoooor *_*

Maaais <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MaRianinhA

avatar

Número de Mensagens : 759
Idade : 24
Localização : With Him
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 08/05/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Qui 03 Jul 2008, 04:15

Bons Dias.
Má/Boa noticia (depende da interpretação) xD: Eu só tenho escrito até ao 14 men.
Ou seja nao vou postar todos os dias agora até ter mais reservas xD

Este é para a minha Bia.

Happy Birthday Bia (atrasado mas coiso)

Aqui está ele:

Capítulo 13 – Relembrar/ Reviver.

Acordei depois da hora de almoço devido à noitada que fizemos na discoteca, ficámos lá até muito tarde e agora ninguém me tirava da cama.
Estava já a maquilhar-me quando o meu telemóvel tocou.
- Olá Andreas.
- Olá, ouve o chato do Tom não para de me pedir para te ligar. – ri-me.
- O chato está aí ao pé de ti?
- Estou. Olá Mariana. – disse o Tom imitando os meninos pequeninos.
- Olá Tom. Diz lá o que me queres.
- Tu contas-te ao Andreas?

- Sim. – eu tinha contado ao Andreas assim que chegara a Hamburgo, ele tinha de saber caso fosse preciso ajudar-me.
- Nós precisamos de falar. – senti-o nervoso por dizer aquilo.
- Eu sei, o Andreas que te traga cá a casa e ao resto dos rapazes também se eles quiserem vir.
- Ok, nós vamos. Até já.
Pousei o telemóvel na mesinha de cabeceira e dirigi-me à sala para ir ter com as raparigas.
- Meninas, o Andreas e os Tokio Hotel vêm cá. – informei-as enquanto comia uma maça e me sentava no sofá.
- Desde que não venha o Tom. – resmungou Raquel.
- Ele vem, mas não te preocupes ele vai estar comigo não te vai chatear. – piquei.
- Contigo? Ok ainda bem, assim não me chateia.
- Hoje eu e tu temos de ir à agência fazer as fotos. Amanha são elas. – disse-me a Andreia.
- Porque é que vamos todas separadas? – perguntou a Mary.
- Somos muitas, íamos acabar por ter de fixar à espera umas das outras então eles dividiram-nos em dois grupos. – explicou a Rute.
- A que horas é? – questionei.
- 18.30. Ainda bem porque assim posso disfarçar estas olheiras, com camadas de base, até irmos para lá. – gozou Andreia.
A campainha toca, Mary vai atender.
- Olá Andreas. – cumprimentou.
- Olá Mary. – disse ele
- Olá meninas. – cumprimentaram o Bill, o Tom, o Georg e o Gustav em tempos separados.
O Tom olhou para mim e eu fiz-lhe sinal para me seguir. O pessoal ficou lá por baixo a divertir-se, a Andreia e o Gustav falavam de baterias, os restantes falavam de tudo um pouco.
Eu e o Tom dirigimo-nos para o meu quarto, pedi para ele se sentar na cama enquanto eu andava de um lado para o outro no quarto.
- Podes começar. – avisou ele.
- Depois de me teres deixado em casa eu deitei-me. No dia a seguir o Zac mandou-me uma mensagem, em que por acaso dizia que tu não lavavas o cabelo à anos, eu mandei-o dar uma curva e acabei com ele. Saí para o hotel para te contar mas quando lá cheguei tu já não estavas. Só soube quem tu eras quando a Raquel me disse. Aí percebi a tua admiração por eu não te conhecer. Depois o resto tu sabes, entrevistas, trabalho. – relatei.
Reviver aquilo não era bom para mim. Já não era recente mas há coisas que ficam sempre marcadas no nosso coração e um namoro mal acabado fica sempre.
- Como é que tu estás? – levantou-se e chegou perto de mim.
- Aquilo é passado Tom, eu quero esquecer. Por favor diz-me que não contas a ninguém, por favor Tom. – pedi.
- Não conto, eu prometo.
**
Tinha acabado de chegar da casa de banho, estava transtornado e não ouvia nada do que lhe estavam a dizer. Sabia que estavam a falar para ele mas ignorava. Ele sabia que a história que ele lhes tinha contado no dia em que o apanhara a ler aquela revista era esquisita e sem lógica mas agora tinha a certeza que era mentira.

Flashback
Dirigiu-se à casa de banho passando pelo quarto que julgou ser de Mariana porque ouviu vozes.
- Aquilo é passado Tom, eu quero esquecer. Por favor diz-me que não contas a ninguém, por favor Tom. – ela pediu.
- Não conto, eu prometo. – ele assentiu.
Seria mesmo possível que o seu irmão gémeo lhe escondesse algo? Não, o Tom nunca me escondeu nada, não vai ser agora que.. Ele sabia que podia muito bem ser. Voltou para a sala e sentou-se no sofá perdido nos seus pensamentos.

End of flahsback

- Bill. – chamou Georg. – Bill.
Acordou do transe sobressaltado, esta história do irmão estar a esconder-lhe algo ultrapassava tudo.
- Diz desculpa, estava distraído. – respondeu desculpando-se.
- Eu reparei. Anda para aqui. – convidou.
Aceitou o convite, não ia adiantar de nada estar a matutar naquele assunto, mais tarde ele iria tirá-lo a limpo.

Eu e o Tom juntámo-nos ao resto das pessoas até à hora de eu e a Andreia sairmos para a agência para as fotos. Ficou combinado encontrarmo-nos com os rapazes nesse dia à noite pois eles também iam tratar de umas coisas do videoclip.

**
Tom encontrava-se na sala a ver televisão, um filme pornográfico, mais um da sua colecção. Alguém interrompeu o seu momento de excitação profunda. Bill.
- Tom podemos falar? – perguntou.
- Podemos, deixa só acabar de ver o filme. – refilou o outro.
- Tom, agora. – explicitou Bill num tom de voz que fez com que os restantes membros da banda olhassem admirados para ele.
- Nós podemos ir lá para dentro para vocês falarem aqui. – ofereceu Gustav.
- Não rapazes deixem estar. O Georg precisa de ver estas coisas para aprender, eu e o Bill vamos lá para dentro. – Tom mandou uma piada tentando aliviar o clima pesado que se sentia. Via que o seu irmão estava chateado, só não sabia ainda porquê, mas percebeu que era isso que ia descobrir.
Entraram no quarto de Tom que se sentou na cama enquanto Bill andava de um lado para o outro, nervoso, mexendo no cabelo e abanando os braços. Tom sorriu. “Dejavú”
- Quando é que pretendias contar-me? – Bill quebrou o silencio com uma pergunta que Tom não esperava.
- Contar-te o quê? – Tom tentava disfarçar. Pedia interiormente que Bill não se referisse ao que ele pensava.
- Tu sabes perfeitamente do que eu estou a falar, deixa-te de tretas. – respondeu Bill friamente. Ao ver a cara de espanto do irmão prosseguiu o seu discurso. – Quando é que pretendias contar-me a verdade sobre a Mariana?
Tom emudeceu, mas como é que ele havia descoberto? Só havia uma hipótese, o Bill andava a espiá-lo. “Não o Bill não era capaz de fazer isso.” Resolveu ir novamente pelo caminho das questões, antes de dizer alguma coisa tinha de saber se o assunto a que ambos se referiam era o mesmo.
Rapidamente se apercebeu que sim.
__

Aqui está ele. xD

Beijinho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
M@r!ana

avatar

Número de Mensagens : 647
Idade : 20
Localização : Algures por aí xD
Tokio Hotel preferido : Bill Kaulitz
Data de inscrição : 26/04/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Qui 03 Jul 2008, 04:58

Ele vai-lhe contar??
mais*______________*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twilight-portuguese.twilight-vampire.com
bêatriz'

avatar

Número de Mensagens : 1406
Idade : 23
Localização : Viseu
Tokio Hotel preferido : Georg Listing, I'm Yours
Data de inscrição : 12/12/2007

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Qui 03 Jul 2008, 04:59

Bons Dias.
Má/Boa noticia (depende da interpretação) xD: Eu só tenho escrito até ao 14 men.
Ou seja nao vou postar todos os dias agora até ter mais reservas xD


WHAT????????????????????????!
NAO!!! TU NAO NOS PODES FAZER ISTO!!! LOGO AGORA QUE A FIC ESTA TAO INTERESSANTE *vidrada*
SABES MUITO SABES Chorar Chorar Aiiii
GOSTAS MAS É DE NOS VER CHORAR :' (

Mais Marianinhaaaa@ E RÁPIDOO!!!

Obrigada pelo copitulo *_*
Ta lindo e é SO MEU!!!!
@
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Líe
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 5265
Idade : 24
Localização : Loures,
Tokio Hotel preferido : Tommi
Data de inscrição : 04/01/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Qui 03 Jul 2008, 06:06

LIVRA-TE DE NÃO POSTAR DURANTE UM DIA Ò.Ó !

*.*
Ele vai contar não vai ? :O

Mais ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Funny Girl×

avatar

Número de Mensagens : 922
Idade : 22
Tokio Hotel preferido : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 24/09/2007

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Qui 03 Jul 2008, 08:22

Ai e agora??

O Bill está mesmo zangado.

Posta mais sim??

bjitos~~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
x Danie' =) Lis' x

avatar

Número de Mensagens : 751
Idade : 24
Localização : Aveiro
Tokio Hotel preferido : Georg Listing
Data de inscrição : 03/03/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Qui 03 Jul 2008, 09:53

Estou de acordo com a Kaulitz'a <3

Livra-te de não postares um dia !!

=@

ele vai-lhe contar ??

Posta maisssssssssssssssssssssssssss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://daniella.hi5.com
MaRianinhA

avatar

Número de Mensagens : 759
Idade : 24
Localização : With Him
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 08/05/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Sex 04 Jul 2008, 05:37

Boas tardes Very Happy
E prontos este é o ultimo capitulo que eu tenho escrito.
Lá vou eu passar a tarde toda na escrita xD

Aqui está ele.

Capítulo 14 – A discussão.

- Estás a falar de quê Bill? – Tom continuava a tentar enganar o irmão.
Bill riu-se, um riso cínico.
- Agora para além de me esconderes coisas também queres fazer de mim parvo? – perguntou Bill irritado.
- Bill não é nada do que estás para aí a pensar e além disso eu não tenho de te dar satisfações. – respondeu Tom.
- Pensei que tínhamos prometido um ao outro contar sempre tudo, dois corpos, uma alma, lembras-te? Merda Tom, somos irmãos, irmãos gémeos. E tu, tu, Tom andas-me a esconder coisas. – parou riu-se novamente. – Mas tu pensas que eu sou parvo? Eu percebi perfeitamente quando nos disseste como tinhas conhecido a Mariana que estavas a mentir, mas só agora é que tive a certeza. - Bill, eu só não te contei porque não posso. Porra Bill ela pediu-me, é demasiado pessoal para eu me meter, aliás já me meti, meti-me o suficiente. – percebeu que o irmão ia ripostar e sabia o que ele ia dizer. – Não me obrigues a escolher entre ti e ela, tu sabes perfeitamente quem eu escolho. És meu irmão gémeo, tu não percebes que nunca ninguém nos vai separar?
- Então o que é que aquela parva está a fazer?
– sentou-se na cama.
- Bill não fales assim dela, ela não te fez nenhum mal. – defendeu Tom.
- Ela está-te a afastar de mim, tu não vês? Tu escondeste-me uma coisa Tom. Escondeste. – Bill chorava.
- Ela confiou em mim Bill. É demasiado privado, não posso e não o vou fazer.
- E com isso queres dizer que não confias em mim? – ele estava magoado, Tom via em tudo o que ele dizia, a maneira como reagia, a maneira como falava e se movimentava.
- Tu sabes perfeitamente que não é nada disso. – Tom ia falar mas Bill interrompeu.
- Não Tom, eu simplesmente já não sei nada. NADA. – gritou, bateu a porta e saiu do quarto.
**

Tínhamos chegado à cerca de 5 minutos a casa dos rapazes. O Georg tinha-nos aberto a porta com uma cara super preocupada, deixou-nos entrar e explicou-nos que os gémeos estavam a discutir no quarto.
Começámos a ouvir gritos de lá, ao que percebi serem de Bill. Os gritos cessaram, Bill saiu do quarto estacando mesmo à minha frente, olhou-me com raiva e saiu porta fora batendo com a mesma assim que saiu.
O Tom apareceu na sala, não olhou para ninguém dirigindo-se à cozinha pegou numa cerveja e entrou de novo no quarto. O Georg aproximou-se da divisão.
- Não Georg, deixa-me ir a mim. – pedi.
- Claro. – ele respondeu.
Bati à porta e abri-a devagar, espreitei lá para dentro e vi o Tom encostado à cama a chorar.
- Posso? – perguntei cautelosamente.
- Claro. – respondeu disfarçando as lágrimas.
- O que é que se passou? – perguntei sentando-me ao lado dele.
- Nada. - ele não estava bem.
- Já me ajudaste uma vez Tom, deixa-me ajudar-te agora. – dei-lhe as mãos. Ele largou-as.
- O Bill descobriu que eu menti em relação ao modo como te conheci e não percebe o porque de eu não lhe contar. – interrompi-o.
- Deixa estar, eu própria vou falar com o Bill e contar-lhe o que se passa. – levantei-me, ele puxou-me e obrigou-me a sentar novamente.
- Tu não vais fazer nada disso. Ele sabe que eu confio nele mas também tem de perceber que isto é pessoal, é íntimo da tua pessoa e tu nem o conheces. – respondeu.
- Também não te conhecia a ti Tom. Eu não vos quero a discutir por minha causa, isso não tem lógica nenhuma. – ele interrompeu-me novamente.
- Não vais contar e ponto final. – algo interrompeu o Tom. A porta do quarto abriu-se e de trás dela apareceu Bill, com a maquilhagem toda borratada, os olhos inchados e vermelhos.
- Bem eu vou-vos deixar a sós. – quando saí o Bill deitou-me de novo um olhar esquisito que eu ignorei por pensar que fosse nervosismo.
Ficaram um a olhar para o outro, não precisavam de falar, eles entendiam-se sem palavras. Faziam parte um do outro e era isso que importava. Bill correu para o irmão e abraçou-o, abraçou-o com toda a força que podia.
- Desculpa Tom, desculpa. Eu não queria.. – Tom interrompeu o irmão abraçando-o com mais força.
- Esquece isso Bill. Eu não te digo isto muitas vezes mas tu sabes que eu te amo. – os dois choravam de felicidade.
- Eu também.
**
Os gémeos saíram do quarto a rirem e super alegres o que fez com que o ambiente melhorasse em coisa de segundos.
O Bill já não me olhava com aquele de olhar de raiva, olhava normalmente e ria-se muito. Ele não tocou mais no assunto e eu achei melhor não o fazer também, até porque não lhe queria contar. De certa forma sentia que se lhe contasse ele iria aproximar-me única e exclusivamente de mim por pena e isso eu não quero, não dele. Pode parecer estúpido sendo ele irmão gémeo do Tom mas foi o Tom que me ajudou, não o Bill.
- Então e que vamos fazer agora? – perguntou o Gustav.
- Podíamos ver um filme. – sugeriu Tom chegando-se perto de Raquel.
- Chega para lá, bem. – sussurrou ela.
- Não sejas assim. – ele respondeu.
Sentámo-nos todos para ver o filme, as raparigas toda juntas num sofá e os rapazes num oposto.
Já estávamos no meio do filme, que diga-se de passagem não estava a ser nada de especial, quando a Raquel se levantou e o Tom foi atrás. Escusado será dizer que só apareceram meio ano antes. Como era de esperar depois disso nem um nem outro se falaram mais. Eu conhecia a minha amiga, sabia perfeitamente que ela não se apaixona por ninguém muito menos por uma pessoa igual a ela. Depois do filme acabar despedimo-nos dos rapazes e fomos para casa.
**
Eu e a Raquel estávamos na sala, as outras já se tinham ido deitar e nós tínhamos ficado por ali a pastar. Não vou mentir, fiz de propósito para ficar sozinha com ela, queria que ela me contasse tudo o que se tinha passado no quarto do Tom.
- Conta. – ordenei assim que ela me prestou o mínimo de atenção.
- Cusca. – insultou-me.
- Cala-te e desembucha.
Flashback
Seguiu para a casa de banho quando sentiu alguém a puxá-la.
- Mas tu não desistes? – ela gozou. A insistência dele para obter alguma atenção da parte dela agradava-a e ele sabia disso.
- Só quando tiver o que quero. – respondeu antes de a encostar brutamente a uma parede e começar a beijá-la.
Ela deixou-se levar, quem é que ela queria enganar? Desde que esteve com ele no dia em que o ajudou queria aquilo, tanto ou mais que ele.
- E estás a pensar teres aquilo que queres aqui no corredor? – interrompeu o beijo para gozar novamente com ele. Ele pegou nela, agarrando-a com uma mão no rabo e outra nas costas. Dirigiu-se ao seu quarto e deitou-a sobre a cama. Tirou o boné e soltou as rastas, que caíram sobre os seus ombros, debruçando-se depois sobre a rapariga. Beijou-lhe o pescoço e tirou-lhe a camisola enquanto ela brincava com uma das suas rastas. Ela imitou os seus movimentos desfazendo-se assim das largas camisolas do rapaz que se entretinha com a parte de cima da lingerie da rapariga. Tentou desfazer-se depois das calças dele, mas não conseguia. Ele percebeu a sua dificuldade e desfez-se ele próprio da peça de roupa mas antes tirou um preservativo do bolso. Continuaram entre carícias e beijos a despirem-se. E enquanto o rapaz lhe beijava o peito entregaram-se ao prazer total.
End of flashback

- E o resto? – perguntei eu.
- O resto é história minha amiga. – respondeu ela no seu estilo descontraído.
- Raquel Maria, nem penses, vais ter de me contar. Volta aqui. – ela afastava-se e eu tentava detê-la.
- Também te amo bitch. Até amanha.
Depois de ter sido deixada na mais ínfima curiosidade dirigi-me ao meu quarto e deitei-me na cama.

__

Aqui está ele. xD

Beijinhó & Danke.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Funny Girl×

avatar

Número de Mensagens : 922
Idade : 22
Tokio Hotel preferido : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 24/09/2007

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Sex 04 Jul 2008, 06:02

Raquel e Tom ainda vai dar muito que falar.

Posta mais sim??

bjitos~~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
bêatriz'

avatar

Número de Mensagens : 1406
Idade : 23
Localização : Viseu
Tokio Hotel preferido : Georg Listing, I'm Yours
Data de inscrição : 12/12/2007

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Sex 04 Jul 2008, 07:47

Oh Gott!!!

Quero mais quero mais quero mais!! quero muitooo mais!! *canta*
*_*

Mais Mariana Jusefina @ =D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
x Danie' =) Lis' x

avatar

Número de Mensagens : 751
Idade : 24
Localização : Aveiro
Tokio Hotel preferido : Georg Listing
Data de inscrição : 03/03/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Sex 04 Jul 2008, 09:23

A raquel e o Tom ..

Cool

Maissssssssssssssssssssssssssss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://daniella.hi5.com
Líe
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 5265
Idade : 24
Localização : Loures,
Tokio Hotel preferido : Tommi
Data de inscrição : 04/01/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Sex 04 Jul 2008, 10:12

quero ser a Raquel -.-"

Mais Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Seg 07 Jul 2008, 11:37

desculpa! atrasei'me estive 5 dias nos Açores...

bem a Raquel e o Tom...

isso tá escaldante para aí para esses lados!

mais sim?

bjO*[b]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
MaRianinhA

avatar

Número de Mensagens : 759
Idade : 24
Localização : With Him
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 08/05/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Seg 07 Jul 2008, 14:06

Bem eu peço desculpa por nunca mais ter dad noticias.
Bem eu já vos tinha dito, agora não vou poder postar todos os dias.

Isto está dificil mesmo.

Mas trago um capitulo novo comigo.

Espero que gostem.

Capítulo 15 – O carro.

Como já sabíamos nesse dia de manha a Raquel, a Rute e a Mary foram à agência fazer as fotos. Eu e a Andreia ficámos por casa a ver televisão.
- Tenho de ir tratar das coisas do carro. – disse ela.
- Pois. Como é que vais resolver isso? – perguntei.
- O Georg disse que pagava tudo. – esclareceu.
- Rapaz simpático. E eu tenho de ir tratar de uma coisa. – comecei. – Depois deste trabalho temos de voltar para Portugal, mas eu estava a pensar ficarmos por cá. Eu sei que elas vão querer e tu o que achas?
- Acho bem. Por acaso eu falei disso com a Mary e com a Rute e elas acharam boa ideia. – respondeu – Fazemos assim eu vou contigo tratar disto e depois vens comigo tratar do carro.
- Sim. O Georg não tem de ir contigo? – perguntei.
- Pois não sei.
Tocaram à campainha.
- Eu vou lá. – avisei. Levantei-me do sofá e espreitei pelo visor da porta. – Acho que já tens os problemas resolvidos. – abri a porta. – Olá Georg, por aqui?
Cumprimentou-me com dois beijinhos.
- Pois tenho umas coisas para resolver aqui com a Andreia. – ele respondeu. Eu ia fechar a porta. – Não feches, vem ai o Tom.
- Ouvi falar no meu nome. – brincou aparecendo na porta. – Olá Mariana, olá Andreia.
- Olá Tom. – disse a Andreia. – Eu e a Mariana íamos agora sair, ela vai tratar de umas coisas à agência e eu vou tratar do carro.
- Eu vou contigo Andreia, aliás tenho mesmo de ir. – disse Georg. – Tom vai com a Mariana para ela não ir sozinha.
- Claro. – respondeu o das rastas. – Vamos?
**
Já íamos quase a chegar à agência. O Tom insistiu em irmos no carro dele, o famoso Cadillac. Íamos a ouvir musica e a cantar os dois até que ele interrompe.
- Então, quando vais voltar para Portugal?
- Oh repete lá Portugal. – pedi.
- Portugal. – repetiu ele a rir.
- Oh meu deus tens uma pronuncia tão fofinha. – elogiei.
- Correcção minha cara amiga, eu sou todo e repito todo fofinho. – gabou-se.
- Isso não sei, mas presumo que a Raquel saiba. – ele olhou para mim com uma cara confusa. – Que foi? Ela contou-me.
- Ah bom. Espero que ela não seja como aquelas que pensa que eu quero uma coisa séria. – ele estava incomodado por falar naquilo.
- Acredita Tom ela não é assim, aliás ela provavelmente não vai querer mais nada contigo agora.
- Isso veremos, mas estamos a fugir ao assunto. – interrompeu ele. – Quando voltas para lá?
- Estás-me a despachar? – perguntei fingindo-me indignada.
Ele travou a fundo depois de ouvir e riu-se.
- Não claro que não, tu sabes que não. – fez uma pausa. – Mas quero saber.
- Se tudo correr bem, não vou mais. – respondi-lhe.
- Ah? – ele estava confuso. – Esclarece-me isso.
- Eu vou pedir transferência para cá. Nós gostámos dito por aqui, não vemos impedimento para ficar.
– contei. – Esclarecido?
- Sim e contente também. Fico contente por ficares por cá. – tirou uma mão do volante e fez-me uma festinha na perna.
Eu pousei a minha mão sobre a dele.
- Eu também fico contente por ficar por cá. – apontei para um edifício. – Olha Tom é ali.
- Olha fixe, até temos um lugar aqui perto. – desligou o carro e saímos.

**
- Ò da casa! – gritou Rute. – Está cá alguém?
- Parece que não. Olha está ali um bilhete.

“My dears,
Bem, a Sô Dona Andreia precisa de ir resolver o problema do carro e eu vou pedir transferência para ficarmos todas por cá. Raquel, eu sei que quando ouvires isto te vais passar mas pensa nos rapazinhos giros sim? Prosseguindo, sejam simpáticas e preparem um almocinho bastante bom e nada calórico. Não devemos demorar muito a chegar a casa.

Beijinhos
P.S: Contem com o Georg e o Tom para almoçar, eles estão connosco.”

- Bem eu vou fazer o almoço. – disse a Rute. Ninguém na sala se mexeu dos seus sítios. – Hey nem pensem que vou andar aqui sozinha, vá Mary vai meter a mesa e a Raquel vai fazer salada. – continuavam sem se mexer. – Desandem.

**
- Até foi fácil tratar disto. – desabafou ele depois de entrarem no carro dele.
- Sim até foi. – olhou para o relógio. – Queres almoçar lá por casa? Eu tenho quase a certeza que a Mariana vai convidar o Tom, por isso.
- Claro, mesmo que o Tom não fosse eu aceitava. – sorriu.
- Bem, agora que vamos ficar por cá.. – ele interrompeu-a.
- Vão ficar cá? – perguntou ele radiante.
- Sim, a Mariana foi tratar disso à agência. – fez uma pausa e tentou ganhar coragem. – Agora que vamos ficar por cá, acho que preciso de um carro mesmo meu.
- Concordo. – respondeu ele.
- Georg achas que.. – fez novamente uma pausa. – Oh esquece.
Ele pôs a mão no seu ombro incentivando-a.
- Não esqueço nada, diz lá. – pediu.
- Achas que, me podias ajudar a escolher um carro? – arrependeu-se de ter pedido. – Mas só se puderes claro não quero estar a incomodar.
Ela falava muito depressa e ele tirou os olhos da estrada e olhou para ela uns breves segundos rindo-se.
- Claro que ajudo, é um prazer. – mirou o relógio do carro. 11.30 – Ainda temos um tempo até à hora do almoço eu não tenho nada para fazer e suponho que também não tenhas, ou tens? - Não. – sorriu.
- Então vamos começar a ver. Que tipo de carros gostas? – questionou ele.
- Não sou muito conhecedora de carros, mas uma coisa confortável, vistosa até certo ponto e indicado para mim parece-me o ideal. – respondeu Andreia.
- Acho que sei o que pretendes. – disse ele acelerando.

__

Encher couriços xDD

Espero que tenham gostado.

beijinhó.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Funny Girl×

avatar

Número de Mensagens : 922
Idade : 22
Tokio Hotel preferido : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 24/09/2007

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Seg 07 Jul 2008, 14:20

Bem o Georg sabe,

Vamos confiar xD

Está muito fixe a fic.

Posta mais sim??

bjitos~~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Líe
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 5265
Idade : 24
Localização : Loures,
Tokio Hotel preferido : Tommi
Data de inscrição : 04/01/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Seg 07 Jul 2008, 14:44

esperemos que não demores tanto até postar o próximo 8D

O georg é que sabe de carros!
mais
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
bêatriz'

avatar

Número de Mensagens : 1406
Idade : 23
Localização : Viseu
Tokio Hotel preferido : Georg Listing, I'm Yours
Data de inscrição : 12/12/2007

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Seg 07 Jul 2008, 14:50

O que eu te fazia num carro Georg Listing!!! Cool Até me enganei a escrever o nome dele -_-

AIII MARIANA CAFEEE!!! QUERO MAIS!!! Eu quero tu postas, ya? UNF
=D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   Seg 07 Jul 2008, 15:12

pois...o Georg percebe de carros...

e pois...eu tambem vou kerer um cap novo sim?

mas kuando der!

kuando houver cap novo, KaulitXinha Kaulitz Kit Kat, cá estará para ler, sim?



Spoiler:
 

bjO*[b]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Odeio-te - Capítulo 60 – Fim   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Odeio-te - Capítulo 60 – Fim
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 17Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 10 ... 17  Seguinte
 Tópicos similares
-
» A Maldição Da Bruxa Dorothy Jackie (Capítulo 2 postado!)
» Bloody Kiss {atualização 121214} Capítulo XI.
» A outra face - Tom - ÚLTIMO capítulo on!!!
» FASHION S.l.a.v.e (3° Capítulo-Nova Estagiária...)
» I'll Be Your Eyes - 3ºCapítulo -Pág. 10

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Português dos Tokio Hotel :: Acabadas-
Ir para: