InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 Can Be True? - Cap. 7 #

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Can Be True? - Cap. 7 #   Seg 23 Jun 2008, 12:23

1º Capítulo:


29 De Junho de 2008. É hoje! O concerto por tanto eu esperei, e muitas fãs também! ^^ Bem mas que alegria! São agora 6 da manhã, e com a excitação toda não consigo dormir nem mais um segundo que seja! Levanto-me, tomo um duche rápido (talvez o duche mais rápido que tomei até hoje! xD), visto-me, e desço para a cozinha a tomar um pequeno-almoço, mas mesmo pequeno, porque não tenho vontade nenhuma de comer. Como ainda é muito cedo, não me atrevo a acordar a minha mãe a esta hora, porque senão…ouço um raspanete que nem sei! Subo novamente para o meu quarto e ligo o computador. Vou para o Messenger, para os fóruns actualizar-me das notícias sobre Tokio Hotel…AH! Por acaso, eles são a minha banda favorita! --‘ Actualizo-me de FanFic’s (sou viciada em FF!) e tudo o que tenha a ver com TH. Como é tão cedo, ainda não há muita movimentação no Messenger e nos fóruns, mas essa movimentação há-de chegar! Faço comentários, leio, etc.…aquelas coisas do costume! Já passou uma hora desde que estou naquilo. A minha mãe acorda e vai até ao meu quarto.
Mãe: já estás de roda do encanto, não? Anda lá que não podes passar um bocadinho que seja sem lhe tocares! E então só TOKIO HOTEL!
Cátia: oh mãe! Sabes, eles são a razão do meu viver!
Mãe: ai, valha-me! Que eu saiba, eles não estão aqui ao pé de ti e tu ainda estás viva! Se eles não existissem? Já estava morta ou era o MIKA que te salvava?
Cátia: Mika? Oh mãe, é que já ninguém ouve MIKA!
Mãe: mas tu era só o que ouvias! Ou vais dizer que é mentira?
Cátia: é verdade…mas…
Mãe: mas…nada! Já comeste?
Cátia: já…
Mãe: está bem…então eu vou acordar o teu irmão e vamos levar-te ao Pavilhão Atlântico…
Cátia: ok… – a minha mãe sai – PAVILHÃO ATLANTICO, AQUI VOU! – Dou um grande berro.
Passadas duas horas, nós os três (eu, a minha mãe e o meu irmão) estavam despachados e partimos em direcção ao P.A. a viagem durou cerca de 2 horas, porque eu vivo numa terra perto de Portalegre e estava um pouco longe de Lisboa. A cada minuto que passava, sentia-me cada vez mais uma miúda realizada. Ia finalmente ver ao vivo e a cores a banda que venero bastante! Os Tokio Hotel. Cada vez que pensava naquilo, arrepiava-me, ria-me sozinha, gritava, guinchava…muita coisa ao mesmo tempo. Pelo caminho ia a ouvir todas as músicas deles e a recapitular as letras. Chegámos! ^^ Estou TÃO feliz! A minha mãe deixou-me á porta do P.A. e já lá estavam bastantes fãs! Iria ser um dia em grande! ^^ O sol já ia alto e a fome também! Decidi ir comer qualquer coisa. Fui até a um restaurante e comi um almoço decente, que não me fizesse mal. Ao entrar, também lá estava um grupo de raparigas numa mesa a fazer um arraial de todo o tamanho! Não estavam caladas nem por nada deste mundo! Ignorei-as. Comi descansadinha, paguei e fui-me embora de volta para as portas do P.A. quando lá cheguei já havia lá mais fãs do que havia antes. Sentei-me lá á sombra, porque o sol estava uma brasa! Enviava sms, jogava no telemóvel, dizia ás minhas amigas da terra o quanto o dia estava a ser importante para mim…enfim. Mas nunca mais se abriam as portas daquele maldito pavilhão! São agora 16 horas da tarde. Que seca! Pensava eu. Vim eu toda equipada, com maquilhagem preta, pulsos de rede e ás riscas que eu tanto adoro, e com um top tb ás riscas e isto nunca mais anda! Estes meus pensamentos são quebrados quando um rapaz vem até mim a correr atrás de um cão.
Rapaz: SNOOPI! PÁRA! DEIXA A RAPARIGA!
Cátia: oh oh! – O cão aproxima-se cada vez mais de mim a correr – Oh oh! Acho que… – o cão está cada vez mais perto.
Rapaz: SNOOPI! JÁ TE DISSE PARA PARARES IMEDIATAMENTE! – Mas o cão não pára de correr! – SNOOPIIIIIIIIIIIIIIIIIII!
Cátia: AAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHH! – O Cão estava a morder-me as calças. – PÁRA CÃO! VAI AO TEU DONO! VAI! – “Estúpido do cão pah” pensava eu.
Rapaz: não te mexas, nem faças movimentos bruscos!
Cátia: o-o-o-k-k-k-k – gaguejava eu aterrorizada.
O rapaz consegue agarrar o cão e prende-o á trela.
Rapaz: assustou-te muito? Magoou-te? – Dizia o rapaz preocupado, eu não conseguia dizer nem uma palavra – FALA rapariga! Ok assim e que eu na chego a lado nenhum…
La consegui soltar algumas palavras.
Cátia> ele não mmmme magogoou…
Rapaz: não? Ainda bem… / olha para mim e para os milhares de faz que ali se encontravam/ vieste ao concerto dos Tokio Hotel, foi?
Cátia: sim, porque? Faz mal?
Rapaz: não…
Cátia: ainda bem!
Rapaz: shissa pah! Já não se pode falar com as raparigas hoje em dia…falam/nos logo com 5 pedras na mão…
Cátia: olha eu estou aqui sim?
Rapaz: eu sei, eu sei…AH! Cabeça a minha. Eu sou o Luís. Prazer!
Cátia: eu sou a Cátia…o prazer e meu… – as portas do pavilhão abrem-se – olha, as portas abriram-se tenho que ir, xau!
Luís: adeus. Espero voltar a verte…Cátia…
Cátia: eu também…Luís…
Corro o mais depressa que pude para ficar bem lá a frente! O pavilhão começa a abarrotar de gente, mas felizmente eu consegui ficar bem lá á frente como eu queria! ^^ 19h 30min. UH! Está na hora! It’s show time! Está na hora do concerto finalmente! Mas como estas coisas se atrasam sempre, o concerto só começou ás 19h 45min. Começa-se por ouvir a guitarra do Tom (*baba*) e ele aparece. Depois começam todos a tocar e o Bill aparece! Ai! Agora sim, sou uma rapariga realizada! Tenho-os bem á minha frente! Sentia-me mesmo bem ali á frente deles, mas também quem é que não sente? A temperatura começa a subir e estão todos no auge! Está toda a gente alegre e feliz da vida, e isso reflecte-se nos olhos dos 4 rapazes da banda. O concerto acaba com a música que me marcou no concerto, By Your Side, a musica que não consegui esconder uma lágrima de emoção. O pessoal todo começa a sair do pavilhão, e eu deixei-me ficar para último, estava a começar a haver uma grande confusão á saída. Finalmente, quando toda a gente saiu, eu saí também. As ruas pareciam um mar de silêncio. Depois do grande concerto, todos regressaram a casa. Como eu não tinha onde ficar, abanquei-me num jardim que se encontrava em frente ao pavilhão. Tinha um casaco que serviu para me tapar do relento. Estava ali um banco de jardim mesmo a jeito. Fui para lá e deitei-me. Espero que não apareça ninguém a chatear-me o juízo! Pensei eu. Acabei por adormecer naquele banco de jardim. Ainda ouvi alguns barulhos de pessoas que ali andavam mas acabei mesmo por me deixar dormir profundamente. Alguém andava por ali a passear e aproxima-se de mim e vê o meu estado (sono profundo!). Observa-me e vê se tenho febre. Pensou que talvez eu fosse uma mendiga e estava ali a dormir ao relento.


______________________________________

como não vou ao concerto dia 29, esta fic será o que eu imaginei(apesar de ser impossivel mas pronto...) o que se irá passar nesse dia.

hope you like!

bjO*


Última edição por Kate x em Qua 25 Mar 2009, 11:11, editado 14 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
LeOaZiNhA_KaUlItZ

avatar

Número de Mensagens : 2678
Idade : 24
Localização : ao lado do TOM!
Tokio Hotel preferido : TOM!!!!!!
Data de inscrição : 28/05/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Seg 23 Jun 2008, 13:12

eheh primeira a comentar xDD

adorei!!! 5

o tom!!! Hulala Hulala

essa pessoa é o Luís eu sei eu sei ( ou n)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
AninhaS

avatar

Número de Mensagens : 273
Idade : 24
Localização : Portalegre City x'D
Tokio Hotel preferido : * Tom *
Data de inscrição : 20/01/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Seg 23 Jun 2008, 13:34

Ai o Luis! Pera ai...Esse Luis e o Nosso Luis(inha)!?

Ai o concerto! QUE ESCITAÇAO! =D

Oh amor..:Eu e a Ana tambem deviams de andar por aqulas bandas de certeza! LOOL

Quem e que te tava a ver!? Era o Luis, certo!?

MAIS!

BeijinhoS*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Seg 23 Jun 2008, 13:41

AninhaS escreveu:
Ai o Luis! Pera ai...Esse Luis e o Nosso Luis(inha)!?

Ai o concerto! QUE ESCITAÇAO! =D

Oh amor..:Eu e a Ana tambem deviams de andar por aqulas bandas de certeza! LOOL

Quem e que te tava a ver!? Era o Luis, certo!?

MAIS!

BeijinhoS*


sim Ana é o "nosso Luís" que andava a passear o seu cão'zinho! ^^

lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
LittleStrawberry

avatar

Número de Mensagens : 140
Idade : 23
Localização : cacem
Tokio Hotel preferido : Georg =P
Data de inscrição : 04/05/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Seg 23 Jun 2008, 15:20

Tá linda esta fic!!!! Adorei!!! Hulala
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://zukashafer.hi5.com
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Qua 25 Jun 2008, 05:16

[
b]2º Capítulo:[/b]

No dia seguinte, já não acordo no banco de jardim. Estava a dormir numa cama! Será que estava no meu quarto e o concerto teria sido um sonho? Não. Aquele quarto não era o meu. Então onde estava eu? Levanto a cabeça para ver se conhecia aquele quarto. Não, não conheço. QUE RAIO! MAS ONDE ESTOU EU? A pergunta não tem resposta. No fim de uns meros segundos, ouço dois rapazes a discutirem no lado de fora do quarto.
Rapaz1: mas porque é que a trouxeste para aqui?
Rapaz2: eu estava a passear em frente ao pavilhão, vi-a lá sozinha naquele banco ao frio, só com um casaco a cobri-la, peguei nela e trouxe-a para aqui...
Rapaz1: e achas bem o que fizeste?
Rapaz2: mas Bill...ela pareceu-me tão frágil...tive pena dela...e...
Bill: e como era uma rapariga, levaste-a para o teu quarto! És sempre o mesmo Tom!
Tom: NÃO! Ela estava ali sozinha e eu levei-a para o meu quarto!
(No quarto…)
Cátia: eu ouvi…Tom? E Bill?
(cá fora…)
Tom: Olha! Vês? Ela já acordou. E por tua causa Bill!
Bill: --‘
Os dois rapazes entram no quarto. Quando abrem a porta, fico parva quando á minha frente vejo o Tom e Bill Kaulitz. Ficamos os 3 a olhar uns para os outros.
Cátia: vocês…são…os irmãos Kaulitz?
Tom: ham…yah!
Levanto-me da cama e vou na direcção deles que me olhavam com uma cara estranha. Toco no braço do Tom e puxo-lhe uma rasta.
Tom: AU!
Vou agora ao pé do Bill que me olhava assustado. Toco-lhe também no braço e olha para o cabelo espetado tocando-lhe também mo cabelo, mas ele não me deixa lá tocar.
Bill: nem se quer experimentes a fazer isso outra vez!
Cátia: EH! Mas que mau humor logo de manhã!
Tom: não ligues! – Puxa-me para o lado dele – ele acorda assim todas as manhãs e se lhe tocam no seu cabelo espetado, ainda fica pior!
Cátia: --‘ ok…mas eu tenho uma duvida…
Bill: o que foi agora?
Cátia: como é que eu vim aqui parar? É que eu estava num banco de jardim…
Tom: eu explico: eu andava a passear sozinho pelo pavilhão, e é quando reparo que está uma rapariga num banco do jardim a dormir! Tu. Aproximo-me e tu estavas a dormir profundamente, ponho a minha mão na tua testa para ver se tinhas febre, porque parecias que estavas doente. E pensei “deve ser uma mendiga que está aqui a dormir sem abrigo e precisa de comer! Está tão magra!”, peguei em ti com jeitinho e trouxe-te para o meu quarto de hotel, que é este onde nós estamos.
Cátia: eu? Mendiga? De onde foram tirar essa ideia? Eu vim ao vosso concerto e não tinha onde ficar e abanquei-me naquele banco!
Bill: fala aí com o sr. Que pensa que sabe tudo…
Cátia: olhem, sabem que mais? Não quero saber de nada! Vou-me embora e é como se isto não tivesse acontecido! Faz de conta que dormi naquele banco de jardim de onde me tiraram e pronto. ADEUS!
Tom: hey! Espera aí! Tu tratas assim todas as estrelas que conheces?
Cátia: não! Só quando é preciso! – pego nos meus sapatos e vou-me embora. Tom vem atrás de mim.
Tom: espera aí só mais um pouco! Ao menos posso saber o teu nome? É que gosto de saber o nome das raparigas que entram no meu quarto… - faz um sorriso maroto que eu quebro.
Cátia: devo dizer?
Tom: SIM!
Cátia: pois bem…chamo-me Cátia! Satisfeito?
Tom: Cátja…difícil de dizer mas ok! Agora sim estou satisfeito! Eu sou o… - é interrompido.
Cátia: tu és o Tom Kaulitz, guitarrista dos Tokio Hotel. Já te conheço.
Tom: pois…esquece…mas não esqueças isto – vai ao bolso e tira um papel – fica com isto e liga-me quando quiseres… - segreda-me ao ouvido – para combinar-mos uma saída á noite só os dois… - mete o papel na minha mão e fecha-a.
Cátia: como é que queres combinar esse tal encontro se andas em Tour?
Tom: eu dou um jeitinho de cá vir…
Cátia: não sei! Vou pensar! Mas talvez tenhas azar porque eu não sou de cá. Sou de uma terra perto de Portalegre…
Tom: ok…então eu dou um jeitinho de lá ir…basta dizeres onde é!
Cátia: hum…não sei…e se eu quiser que não vás lá?
Tom: nesse caso procuro-te por lá!
Cátia: difícil! Mas tu lá sabes…
Tom: para mim nada é difícil!
Cátia: oh sim! Claro…bem adeus!
Tom: adeus não, até já…não vais á festa logo á noite?
Cátia: festa? Qual festa?
Tom: uma festa que vai haver aqui em Lisboa. É tipo uma after-show party…
Cátia: não vai dar. A minha mãe vem-me buscar logo á tarde e vou para casa.
Tom: AH! Então podes ficar connosco até á tarde! Ou tens alguma coisa para fazer?
Cátia: não…
Tom: então fica connosco! Bitte!
Não tinha como recusar. Aquele convite era único e se não aceitasse iria desperdiçar uma oportunidade de estar com eles quase o dia todo!
Cátia: está bem…eu aceito.
Tom: ahah! Fixe!
Puxa-me a mão e leva-me para o camarim dele.
Bill: o que é que estás aqui a fazer outra vez?
Cátia: ok, se calhar é melhor ir-me embora!
Tom: não fica! Não ligues ao meu irmão…hoje acordou de mau humor…Bill, a Cátja hoje vem passar um bocado do dia connosco, por isso não a chateies!
Bill: e ela que não me toque no cabelo outra vez!
Cátia: hey! Ninguém te vai “comer” o teu lindo cabelo tá?
Bill: espero que não!
Eu e o Bill viramos costas um para o outro como duas criancinhas a disputar um doce. Definitivamente, eu não me iria dar bem com o Bill tão depressa.
Tom: pessoal…será que não podem fazer as pazes? Estás se aqui a criar uma ambiente…
Bill: vou para o meu quarto!
Cátia: e eu vou para o meu!
Tom: Cátja, tu não tens quarto, lembraste?
Cátia: ah…pois não…esquece.
Bill sai do quarto do irmão zangado. Que criança pah! Tudo só por lhe ir tocando no cabelo!
Tom: deves estar com fome. Vamos comer?
A minha barriga faz um barulho estranho.
Cátia: ham…acho que já tens a resposta…
Tom desata a rir. No seu quarto, havia um carrinho daqueles de pequeno-almoço com torradas, sumos, leite, batidos…era um pequeno-almoço para dois.
Tom: serve-te ^^
Pego num prato e servi-me de um torrada e um copo de sumo de laranja.
Tom: só comes isso?
Cátia: quando me apetecer como mais…não te preocupes…
Tom: ok…faz como quiseres.
Para o exterior do quarto, havia uma varanda que tinha uma esplanada e um guarda-sol. Tom caminhou na direcção da varanda e chamou-me para ir com ele. De lá, pude observar quase a cidade toda, mas estava nos últimos quartos do hotel e estava bastante alta do chão!
Tom: gostas das vistas?
Cátia: tirando o facto de ter medo das alturas, sim.
Sento-me na esplanada e como o meu pequeno-almoço. A comida era óptima!
Tom: como preferes, ficar aqui ou ir para a sala de convívio do hotel?
Cátia: hum…não sei. Escolhe tu.
Tom: anda, vou-te apresentar os outros membros da banda.
Cátia: ok ^^
Saímos do quarto do Tom e ele bate á porta do quarto de Georg e de Gustav. Eles abrem.
Tom: pessoal, quero-vos apresentar a Cátja ^^
Georg/Gustav: hallo!
Cátia: olá!
Georg: és portuguesa?
Cátia: sim…
Georg: como é que se diz “hallo” em português?
Cátia: olá.
Georg: oilá.
Cátia: olá!
Georg: ôlá!
Cátia: também dá… --‘
Gustav: e como é que se diz “tchüss” em português?
Cátia: adeus.
Gustav: adieus…
Cátia: não, não. Adeus!
Gustav: ádeus…
Cátia: melhor.
Tom: pronto, já tiraram as vossas dúvidas todas?
G’s: já…
Tom: ainda bem. Vamos?
Cátia: onde?
Tom: para o meu quarto…
Cátia: ok…
Gustav: ádeus! ^^
Cátia: adeus! ^^
Fomos para o quarto do Tom. Ele sentou-se na cama e eu fiz o mesmo. Ele não dizia nada. Apenas se limitava a olhar-me de alto a baixo.
Cátia: o que foi?
Tom: nada, nada…
Cátia: estás aí tão caladinho…
Tom: estou a pensar no que hei-se dizer…
Cátia: pensa para aí…
Tom: já reparaste que nos estamos a dar lindamente?
Cátia: já.
Tom: apesar de eu ser uma estrela, tu estás a ser a única que me trata diferente…
Cátia: diferente? Como?
Tom: não sei…é como se já nos conhecêssemos…não achas?
Cátia: não…
Tom: se calhar já nos conhecemos noutra vida! Quem sabe.
Cátia: noutra vida? E tu acreditas nisso?
Tom: sim…tu não?
Cátia: mais ou menos…
Tom: estou a ver…
Fez-se silencio outra vez. Aquele silencio estava a matar-me! Então ele convida-me para ficar mais um pouco e agora fica em silencio e não diz nada? Nunca mais me faz uma destas!
Cátia: bom, tenho que ir…a minha mãe já deve estar aí a chegar.
Tom: já vais? Ok…liga-me logo á noite, ou então manda mensagem…
Cátia: ok…vou ver se não me esqueço.
Tom: ai de ti!
Cátia: --‘
Despedimo-nos com dois beijos na cara. Saio do quarto e fecho a porta. Bill, ao ouvir a porta também abre a dele.
Bill: adeus! Oh!
Cátia: adeus!
E viro-lhe costas. Apanho o elevador e desço até ao último piso. O Tom é simpático, pensava eu enquanto o elevador descia. Cheguei ao último piso. Estava tudo calmo por ali. Saí e fui de novo para as portas do pavilhão. A minha mãe ainda não tinha chegado, por isso, lá tive de esperar mais um bocado. No fim de meia hora de secância, ela chega. Entro dentro do carro e parto de novo para a minha terra. A viagem foi de algum silencio, ia só a pensar no que me tinha acontecido, e só me apetecia contar a alguém, mas para quê? ninguém iria acreditar! A minha mãe quebra o silencio.
Mãe: entao conta lá com foi o concerto, gostas-te, não gosta-te…
Cátia: ADOREI! Não melhor. AMEI! Principalmente o dia de hoje!
Mãe: mas o concerto foi ontem! O que se passou hoje?
Cátia: nada, nada. Não foi nada…
Mãe: ok..se não foi nada, não foi nada…
Passou-se algum tempo de viagem e chegamos a casa. Não me apetecia estar em casa, por isso saí e fui dar uma volta pela vila. Fui até um jardim e sentei-me á sombra. Não me podia esquecer de ligar ao Tom logo á noite. Decidi mandar-lhe uma mensagem a dizer que já tinha chegado a casa.
Olá! Olha já cheguei a casa. Cátja
Ele respondeu-me minutos depois.
Olá! É bom saber isso! Logo á noite não te esqueças de me ligar…fiquei com saudades tuas...Ali passamos o resto da tarde ás mensagens.[/size]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sex 27 Jun 2008, 13:18

3º Capítulo:


Ainda estava na rua ás mensagens com o Tom, quando uma voz que infelizmente me era conhecida, se aproxima de mim. Uma rapariga de cabelos castanhos compridos e meio ondulados, vestia roupas que mais parecia que andava despida, bem uma grande p*t*! Cujo seu nome me dá nojo, Nicole! Ela é a minha pior inimiga e não a posso ver á frente senão acho que sou capaz de lhe arrancar os cabelinhos lindos que ela tem um a um! Também deve ter ido ao concerto ontem. Mas também, não sei nem quero saber!
Nicole: olha quem está aqui ocupar a minha sobra!
Cátia: a tua sobra? – Olho em todas as direcções – que eu saiba, não está aqui o teu lindo nome escrito!
Nicole: AH! Desaparece, oh!
Cátia: nem penses!
Nicole: então vou ser obrigada a tirar-te daí!
Cátia: experimenta!
Nicole: ah pois experimento! Há-de ser já agora! – vem na minha direcção e puxa-me o braço fazendo com que eu me levantasse e deixa-se cair o bilhete do concerto dos Tokio Hotel. Ela vê e apanho-o – com que então, também foste ao concerto dos Tokio Hotel, ham?
Cátia: dá cá isso!
Nicole: o meu rico pai’zinho tem ligações com o manager deles e eu estive a noite toda com eles! Especialmente com o Tom… - ironizou.
Cátia: não me metes inveja!
Nicole: desculpa? – disse com ar de sonsa.
Cátia: para já, isso de teres passado a noite com eles especialmente com o TOM, é mentira!
Nicole: porque é que dizes isso?
Cátia: porque, eu, apesar de não saber de nada, estive com eles, especialmente com o TOM!
Nicole: ah! Tretas! Mentirosa!
Cátia: ah, e dormi com ele! E se não acreditas – pego na telemóvel – olha para o meu telemóvel! – ela fica especada a olhar o telemóvel quando aparece lá o numero do Tom – ainda tens duvidas?
Nicole: esse não é o número do Tom! É falso!
Cátia: oh querida, para ti é falso, mas para mim é verdadeiro, custa-te ouvir as verdades não é?
Nicole:
Cátia: agora, se me dás licença, dás-me o meu bilhete – tiro o bilhete das mãos dela - e vou-me embora! Adeus!
Nicole: isto não fica assim!
Cátia: tchau! Eheh
Nicole: ai que raiva!
Vou-me embora do jardim e da suposta “sombra” dela e vou para casa. Recebo uma mensagem.
Então? Demoras muito a responder?
Ai desculpa! Estava a tratar de uns assuntos aqui com uma certa pessoa, que diz que passou a noite toda contigo…
Eu não passei a noite com ninguém! Só contigo…a ver se acordavas…
Pois claro…olha vou jantar e depois já te ligo. bjO*
Ok. bjO também para ti.

Entro em casa. Já estava o meu pessoal todo sentado á mesa á minha espera. Sentei-me a jantar também.
Pai: então conta lá como foi o concerto?
Cátia: foi muito bom! Era capaz de repetir aquilo tudo outra vez!
Pai: é bom saber que gostaste…^^
Cátia: quando houver outro concerto cá em Portugal vocês deixam-me ir, não deixam?
Pai: claro que sim! Agora que se aproximam os festivais de verão, eles devem de vir cá mais vezes. E se eles gostaram das fãs verdadeiras cá de Portugal, melhor ainda.
Pois é! Os festivais de verão! Não me pode falhar nada! E se gostaram das fãs portuguesas? Ui se gostaram! Acabei de jantar e fui para o meu quarto. Vesti o pijama, e quando ia a meio, o meu telemóvel toca. Era o Tom, acabou por ser ele a ligar-me…
Tom: olá miúda! Tudo bem?
Cátia: yah! Então ainda estão em Portugal?
Tom: ainda! Viemos agora da tal festa. E tu, estás em casa?
Cátia: sim. Estava a vestir o pijama…e ainda estou – visto a blusa do pijama.
Tom: isso é fixe! Conta-me lá melhor essa de uma gaja ter passado a noite comigo.
Cátia: ai, não ligues! É uma gaja cheia de papel, popularidade, mimos, convencida, invejosa e muito mais!
Tom: ui! Não deve ser pêra doce não.
Cátia: ela também foi ao vosso concerto…
Tom: pois…uma gaja dessas.
Bill: não me digas que estás a falar com a que me queria tocar nos cabelos! – disse Bill lá do fundo da sala ou lá onde estavam
Cátia: olá Bill!
Bill: olá – gritou ele ao telemóvel
Cátia: não era preciso pores-me surda!
Bill: ainda bem que te pus surda!
Tom: hey! Mesmo longe uns do outro discutem?
Cátia: foi o teu irmão que começou!
Bill: não desculpa, foste tu quando me tentaste tocar nos cabelos, por isso foste tu que começaste!
Cátia: não foste tu!
Tom: CCHEGGAA! – gritou ponto fim á discussão – Bill deixa-me falar com a Cátja em paz, ok?
Bill: ok! - vai-se embora
Tom: pronto, já se pode falar ou não?
Cátia: sim…
Tom: continuando e DESTA VEZ SEM INTERRUPÇÕES – gritou para Bill ouvir – quero conhecer-te melhor, pode ser?
Cátia: sim…
Tom: tens que idade?
Cátia: 16!
Tom: é uma bela idade…
Cátia: não faças nenhum relatório!
Tom: vou tentar! Ham…tens irmãos?
Cátia: sim, um.
Tom: és mesmo de Portugal?
Cátia: não. Nasci na Alemanha e agora estou a viver em Portugal…
Tom: ah! Então tens raízes na Alemanha, certo? Em que terra nasceste?
Cátia: nasci em Munich.
Tom: ainda fica a uns quilómetros de Leipzig. Podias ter nascido em Magdeburg.
Cátia: é, podia. Mas eu sou mesmo de Munich…
Passou-se talvez uma hora que estávamos ao telefone, falávamos e falávamos e nunca nos cansamos de falar os dois. Batem á porta do meu quarto.
Cátia: espera um pouco Tom, estão a bater á porta. Entre!
Mãe: Cátia está na hora de ir dormir!
Cátia: ok.
Mãe: estavas a falar com quem?
Cátia: ninguém! – apressei-me a responder,
Mãe: ok…até amanhã
Cátia: adeus, até amanhã.
A minha mãe sai do quarto.
Cátia: bom…a conversa está agradável, mas eu tenho que me ir deitar…
Tom: ya…eu também…já estou cansado…até amanhã.
Cátia: até amanhã.
Desligamos.
(no hotel…)
Tom: precisas de a tratar assim?
Bill: ela tentou-me tocar no cabelo! E tu sabes que eu não gosto!
Tom: mas ao menos podias desculpá-la e fazerem as pazes, o que me dizes?
Bill: não sei! Vou pensar…
Tom: Bill, deixa-te de armar em criança!
Bill: eu não sou criança!
Tom: mas comportas-te como tal!
Bill: ò.ó
Tom: e não faças essa cara de zangado!
Bill fez um “birra” e foi para o seu quarto. [b]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Qua 09 Jul 2008, 13:09

4º Capítulo:


Bem, ainda há um pormenor que me escapou sobre a Nicole. Não tem a ver com ela, tem mais a ver com o pai dela: é patrão do meu pai! É! Não basta eu ter que a aturar nas aulas, ainda o meu pai tem de levar com uma dose do pai dela! Coitado! Bem…como agora já estamos todos de férias, pelo menos eu não tenho nada para fazer, ninguém com quem sair…a safa é que estou aos sms’s como Tom desde as 7 da manhã! Eu e ele temos estado a dar-nos super bem, e ele está a revelar-se uma pessoa diferente daquilo que eu pensava! É simpático, brincalhão, extrovertido, ás vezes tarado…falamos todos os dias ao telefone desde que nos conhecemos e já somos praticamente amigos inseparáveis mesmo estando longe um do outro. Combinamos encontros no Messenger e falamos até altas horas! Só já tem mais 2 concertos da Tour Europeia e depois diz que vai tentar arranjar uns dias para vir passar férias a Portugal. Está na hora do jantar e a minha mãe chama-me para ir para a mesa. Quando lá chego o meu pai tem um envelope na mão, mas não sei o que é.
Pai: toma este convite – diz entregando o tal envelope a minha mãe.
Mãe: convite de quem? Para quê?
Pai: é lá da empresa. Conseguimos mais um afiliado e a nossa empresa está a crescer!
Mãe: ai que bom! ^^
Pai: é! O patrão quer dar uma festa de comemoração…
Mãe: e quando é isso?
Pai: dia 19 de Julho, está aí no convite.
A minha mãe abre o convite e lê tudo até ao fim. “Convida-se vossas excelências por este meio, a comparecer na festa de celebração de mais um afiliado da empresa no dia 19 de Julho, pelas 21 horas da noite. Apareça e venha divertir-se! Com os cumprimentos de Tiago Scheidegger” era assim que dizia o convite.
Cátia: isso é num sábado… - disse examinando o calendário.
Mãe: ui…lá vamos nós ter que aturar a mulher do teu patrão!
Pai: só aturas se quiseres!
Mãe: pois! Falar é fácil! Mas como ela é! Cola-se! Parece cola super 3!
Cátia: ah! Isso vem tudo de sangue uns dos outros…
Encerrámos aquele assunto e começámos a jantar. Quando acabo de jantar, ajudo a minha mãe a arrumar a cozinha e subo para o meu quarto. Visto o pijama e sento-me em frente ao PC. O Tom não estava online. Deve estar a meio de um concerto. Esperei mais uns 30 minutos. São agora 23 horas e 16 minutos da noite. Ele não aparece. Decidi desligar o computador e deitar-me. Tinha deixado o telemóvel ligado, em cima da banca de cabeceira, e quando ia a cair nas profundezas do sono, vejo o visor do telemóvel acender-se e a vibrar. Levanto-me e olho para o visor. ‘’uma mensagem recebida’’. Abro a mensagem. ‘’Tom Kaulitz’’. Sim, era ele. Era uma mensagem dele. Finalmente havia dito alguma coisa.
Ainda estás acordada? Bj.
Respondi-lhe.
Sim estou.
Ah! Tava a ver que te tinha acordado…
Não, não acordaste…passa-se alguma coisa?
Não, nada…é que hoje ainda não tinha falado contigo…só isso…
Pois eu tb não…
Estive muito ocupado hoje e não deu para falar…tive um concerto que me estoirou por completo…
Uh! Quem me dera ter estão nesse concerto!
Também eu queria que cá estivesses! I miss you!
I miss you too!
Mas mesmo a sério! Estou com saudades tuas! Não mudas-te nada em ti pois não?
Não, porquê?
É para quando for novamente a Portugal te reconhecer rapidamente…
Pois…mas está descansado que não vou mudar o visual.
Ok.
Ficámos em silencio durante alguns minutos. Talvez o Tom se tivesse deixado dormir, pois eu também…

No outro dia de manhã, não acordo em cima da cama. Estava no chão e numa posição e uns trajes estranhos! Estava com a cabeça e os membros superiores no chão e com os membros inferiores na cama. Os lençóis estavam todos enrolados ás minhas pernas! Que coisa mais estranha, pensei eu. A minha mãe, que acabava de entrar no meu quarto para pôr umas roupas minhas engomadas em cima da cama, assustou-se com o que viu.
Mãe: ai credo! Mas o que se passou aqui nesta cama!?
Cátia: ah…pois mãe…também não sei…
Mãe: levanta-te e arruma isso. Tens aqui roupa engomada para arrumares!
Cátia: ok mãe…
Levantei-me. Primeiro passo: vesti-me. Segundo passo: arrumei aquela confusão que estava a minha cama. E finalmente o terceiro passo: arrumei a roupa no guarda-roupa! Está tudo pronto! Desci para comer alguma e fiquei-me pela sala a pensar no que havia de fazer. Pensei…pensei…pensei…até que me surge uma ideia! Vou para o PC! Assim aproveito e vejo se o Tom está online! Assim fiz. Subi novamente para o meu quarto e pus-me em frente ao computador. O Tom estava online! ^^
Cátia: olá Tom! ^^
Tom: olá! Bom dia!
Cátia: então mais descansado do concerto?
Tom: sim! Muito…olha tenho um recado do Bill para ti.
Cátia: ui…o que é que ele quer agora?
Tom: ele manda dizer que quer fazer as pazes contigo.
Cátia: a sério? Diz-lhe que eu também…
Tom: ok! Já lhe disse…
Cátia: ok…e como é que ele tenciona fazer as pazes comigo?
Tom: por telefone! E quando for a Portugal, claro.
Cátia: ah ok…ele quando quiser que me ligue…
Tom: ok…então miúda que se faz aí em Portugal?
Cátia: nada de jeito…estou a apanhar uma seca…
Tom: hum…estou a ver que tenho de ir aí eu para animar isso, não?
Cátia: sim sim! Very Happy
Tom: estou com tantas saudades tuas que já nem me lembro da tua voz!
Cátia: normal…só estiveste comigo uma dia!
Tom: pois foi…que dia esse!
Cátia: foi um dia muito especial!
Tom: sim, para mim também!
Cátia: já sabes quando vens a Portugal?
Tom: mais ou menos no fim de Julho…parece-te bem?
Cátia: claro que sim! Very Happy eu quero é que venhas rápido!
Tom: eu também! Mas tu também tens de cá vir!
Cátia: e eu vou!
Passamos assim a grande parte do dia. Á tarde, eu e a minha mãe vamos ao shopping fazer umas compras para o dia 19, o dia da tal festa…


-------------------------

eskeçam esta fic...tá uma sheisse...
alem disso não tenho ideias kuase nenhumas para a voltar a escrever...
bjO* a kem ler isto...:'(
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
- P'Kaulitz

avatar

Número de Mensagens : 100
Idade : 25
Localização : Neverland.
Tokio Hotel preferido : Tom (AA)
Data de inscrição : 07/03/2009

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sex 13 Mar 2009, 17:57

Deixa-te lá disso

A fic tá LINDISSIMA.

Nós nunca gostamos doque fazemos xP
Mas na realidade, está mesmo muito fixe 8D
Por tanto, trata de work'ar a fic x3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sab 14 Mar 2009, 09:32

Nesquik. x3 escreveu:
Deixa-te lá disso

A fic tá LINDISSIMA.

Nós nunca gostamos doque fazemos xP
Mas na realidade, está mesmo muito fixe 8D
Por tanto, trata de work'ar a fic x3

Olá querida ;3
Eu já acabei com esta fic há bués mesmo x)
Mas no entanto comecei outras --,

Kiss *

EDIT:: Por acaso ontem tive a pensar nesta fic oO
LOOOOL
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
Fátima ,

avatar

Número de Mensagens : 255
Idade : 22
Tokio Hotel preferido : Bill Kaulitz
Data de inscrição : 09/01/2009

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sab 14 Mar 2009, 09:44

Ta melhor que as minhas : )


LOL
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sab 14 Mar 2009, 09:47

fatima_kaulitz escreveu:
Ta melhor que as minhas : )


LOL

Hmm... Achas? O.O'
Nunca li nenhuma fic tua por isso não posso dizer nada --,

Mas fazemos assim:

Vamos a votos. Quem quiser que eu continuo a escrever esta fic diga aqui que eu arranjo umas ideias manhosas para esta fic ;D

Kiss *


Votos: 4


Última edição por Kate x em Dom 15 Mar 2009, 03:30, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
- P'Kaulitz

avatar

Número de Mensagens : 100
Idade : 25
Localização : Neverland.
Tokio Hotel preferido : Tom (AA)
Data de inscrição : 07/03/2009

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sab 14 Mar 2009, 11:04

ARRANCA

OMG, continua-me lá esta..

lindizidade -> (wtf?)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bia k.

avatar

Número de Mensagens : 4724
Idade : 22
Localização : no quarto do Bill
Tokio Hotel preferido : Bill kaulitz <3
Data de inscrição : 20/09/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sab 14 Mar 2009, 11:30

eu voto para continuares
sabes que adoro bue as tuas fic's e que escrevs bue bem liebe
continua a escrever esta fic
beijinhoo<3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.beatriz25595.hi5.com
Joana Freire

avatar

Número de Mensagens : 2490
Idade : 20
Localização : Lisbon. :c
Tokio Hotel preferido : Tom. &amp;amp;amp;lt;3
Data de inscrição : 21/10/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sab 14 Mar 2009, 15:49

Ta tao lindo amoe ^^
Qero mais *-*
Adoro.te <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LittleBilla

avatar

Número de Mensagens : 550
Idade : 23
Localização : Junto do Bill <3
Tokio Hotel preferido : Bill Kaulitz (L' - My Life +.+
Data de inscrição : 22/07/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sab 14 Mar 2009, 18:02

MAIIIIIIIIIIIIIIIIIIS *.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://tokiohotel-pt.ativoforum.com/
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Ter 17 Mar 2009, 11:09

Brevemente, mas ainda hoje Cool, o 5º capítulo ;D
Quando chegar a casa ^^'
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Ter 17 Mar 2009, 15:48

5º +,+

Eu e a minha mãe passámos a maior parte da tarde no shopping. Depressa arranjou roupa para ela, para o meu irmão e para o meu pai; mas para mim, eu ainda não tinha arranjado. Estava dificil!

Passei por todas as lojas de roupa formal e nada. Mas eu sei que o vestido perfeito está perto, oh se está!

Entrei na Zara - Já perdi a conta de vezes que lá entrei só por causa do maldito vestido - e vasculhei a loja novamente.

Por entre aquela quantidade de roupa da loja, lá encontrei um vestido que me encheu o olho. Era simples, nada de extravagancias. Experimentei-o e como gostei do que vi, optei por comprá-lo.
Depois disso ainda comprei uns acessórios e uns sapatos.

Voltámos para casa. Ah! Mas antes ainda comprámos gelado porque estava muito calor... E a caminhada até casa ainda é um bocadinho cansativa ^^'

Quando chegámos a casa, a minha mãe foi para a cozinha fazer o jantar. Eu subi para cima carregada dos sacos! Que injustiça ù.ú
O meu pai ainda não tinha chegado. O meu irmão muito menos. O raio do miúdo... Ainda não tem idade para andar na rua até tarde e regressa a altas horas! Bah!

Fui á minha mala e tirei o telemovel. Uma chamada perdida - Tom Kaulitz. Uhuh, uma chamada do Tom 8D
Liguei-lhe.

Cátia: Hallo?
Tom: Hallo!
Cátia: Então, que me querias?
Tom: Eu? Nada.
Cátia: Ah... Então porque é que me ligas-te...?
Tom: Para falar contigo...
Cátia: Ah, 'tá bem... Então afinal querias falar comigo.
Tom: Ya, parece que sim... - O Tom ri-se.
Cátia: E o que é?
Tom: Queria perguntar-te como é que estás.
Cátia: Ah... Estou bem, não me dói nada!
Tom: Olha, isso é bom.
Cátia: Ya, é sinal de que estou bem de saúde. - Ri-me e ele também - Mas tu parece que não estás muito bem...
Tom: Porque dizes isso?
Cátia: Porque estás a aparvalhar comigo!
Tom: Ah! Isso é um insulto á minha pessoa! Boa, sublinhar, b-o-a.
Cátia: És boa? Oh, sim, és boa és. Cool Estás boa Tom'a ?
Tom: E depois sou eu que estou a aparvalhar! EU ESTOU BOM! Aliás, eu sou bom.
Cátia: Claro que és, então? Mas eu pensava que eras boa Cool
Tom: Boa não, bom se faz favor. Boa é... Ela.
Cátia: Ela? Ela quem?
Tom: Oh, ela...
Cátia: Tom... Ela quem?!
Tom: Ela! Ela!
Cátia: TOOOOOOOM! ELA QUEEEEEM?!?
Tom: Ok, ok, não te zangues O.O' Erhm... A ela és... Tu.
Cátia: Tom Kaulitz ÒÓ
Tom: Vês?
Cátia: Vejo... Mas vejo o quê?
Tom: Esqueeeeece u.u'
Cátia: Pronto está bem... Agora falando de assuntos mais sérios...
Tom: Sérios?
Cátia: Sim...
Tom: Sérios , sérios?
Cátia: Sim Tom, sérios sérios. Daqueles mesmo sérios a sério.
Tom: AAAAAAAHHHHHHHH... Okaaaay...
Cátia: Como é que está por aí o pessoal? :3
Tom: Isso é que é o assunto sério? --,
Cátia: Sim... oO
Tom: Hmm... Acho que ainda estão inteiros...
Cátia: O.O Inteiros? Porque dizes isso?
Tom: Ainda agora uma groupie "fez uma espera" ao Georg. Estavam á porta do quarto dele...
Cátia: Coitadinho o.o'
Tom: Eu diria mais "que sortudo"! Era com cada gaja...
Cátia: Tom ù.ú
Tom: Pronto desculpa... Mas havia lá uma que...
Cátia: TOM ÒÓ
Tom: Sorry again --,
Cátia: Vê se acalmas as hormonas, 'tá?
Tom: Vou tentar seguir o teu conselho...
Cátia: Fazias uma óptima coisa.
Tom: Hmm coisa Cool
Cátia: Ai... Sem comentários u.u

Digamos que esta conversa ao telefone durou bastante tempo. Lá se vai o saldo --, Mas prontos...

Quando desligámos, vesti o meu pijama fresquinho e pus-me a pintar as unhas 8D Que interessante, eu sei ...
Depois de pintar as unhas fui um bocadinho para o portatil. Mas como não estava ninguém de jeito online, deitei-me. - E as minhas amigas a gozar férias na praia T.T

(Semana seguinte...)

Ainda gostava de saber quem é que me ligou o despertador ùú
O telemovel estava a tocar uma dos TH (Screeeeeam 8D) bem alto! Tacteei a mesinha e olhei para o telemovel. A chamar Tom Kaulitz tótó. Olhem só quem é ele.... Atendi.

Cátia: Hallo... - E se o Tom não reparar na minha voz de sono, ele nem sabe o que lhe faço.
Tom: Bom diaaaaaa!
Cátia: Txeiii, que alegria é essa a estas horas da manhã?
Tom: Eu sei que te acordei, peço imensa desculpa, mas teve de ser *.*
Cátia: Fala...
Tom: Vou falar vou *.* Mas ouve com atenção: Estou em Portugal.
Cátia: WHAAAAT?!?!! - Isto fez com que eu desse um salto da cama e esbugalhar os olhos. - Tu estás aonde?!
Tom: Sim Cátja estou em Portugailleeeee 8D
Cátia: MY GOOOOOOOOOOD O.O
Tom: Mas não digas a ninguém, só tu é que sabes. Mais ninguém sabe.
Cátia: Es-es-está bem...
Tom: Agora vou ter de desligar que o Jost quer reunir o pessoal. Depois digo-te mais qualquer coisa. Beijos Tótó. :b
Cátia: Beijinhos Tótó Maior *unf*

Desligamos. OMG. Nem acredito que aquele tótó está de volta a Portugal. Ou esperem. Será que ainda estou a sonhar? Se for um sonho, acho que não quero acordar!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
Bia k.

avatar

Número de Mensagens : 4724
Idade : 22
Localização : no quarto do Bill
Tokio Hotel preferido : Bill kaulitz <3
Data de inscrição : 20/09/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Ter 17 Mar 2009, 17:17

OMG o Tom ta em Portugal+.+
O Bill ta em Portugal+.+
O Georg ta em Portugal+.+
O Gustav ta em POrtugal +.+
Isso ker dizer que os TOKIO HOTEL tao em Portugal YUPIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII+.+
posta mais amor
beijinhoo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.beatriz25595.hi5.com
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Qua 18 Mar 2009, 13:01

Obrigadaa Bia :3

Aproveito para dizer que já tenho ideias para esta fic e tenciono acabá-la (:
E enquanto não vem capitulo da Decode ou da Jogo Perigoso, há desta :3
E o nome da fic mudou --, Tive de inventar e saiu-me este ... =x
Kiss *
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
- P'Kaulitz

avatar

Número de Mensagens : 100
Idade : 25
Localização : Neverland.
Tokio Hotel preferido : Tom (AA)
Data de inscrição : 07/03/2009

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sex 20 Mar 2009, 01:44

Opá ;o

Das melhores fic's que eu já li o.o

mesmo.. sem palavras *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anne-Bill

avatar

Número de Mensagens : 59
Idade : 24
Localização : Perdido no Alentejo : |
Tokio Hotel preferido : Bill *.*
Data de inscrição : 26/08/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sex 20 Mar 2009, 16:38

Olha, és uma sheisse .|.
Recomeças com uma fic que eu nunca tinha lido na minha vida e não me avisas .|. Vais levá-las quando te apanhar .|.

Opá, este ultimo capítulo varreu! A sério! Só aquela rica conversa ao tele x'D
Só mesmo a Cátia. E o Tom!

Mais labrega ;D

Küss!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fics-e-shots-th.ativoforum.com/
LeOaZiNhA_KaUlItZ

avatar

Número de Mensagens : 2678
Idade : 24
Localização : ao lado do TOM!
Tokio Hotel preferido : TOM!!!!!!
Data de inscrição : 28/05/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sex 20 Mar 2009, 18:11

quero mais!!! aquilo vai dar em coisa!!! eles sao ta queridos xD

mais!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bri

avatar

Número de Mensagens : 1544
Idade : 25
Localização : Portalegre
Tokio Hotel preferido : Tom
Data de inscrição : 19/02/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sab 21 Mar 2009, 10:23

Hello dears (':
Mais um ;D Hoje já não há Decode --, Tenho a seca de um trabalho de Teatro para phaser e vai-me levar muuuuito tempo ;;

Mas se eu conseguir, amanhã hã 5º capítulo da Decode ^^
Now, 6º chapter of "Can Be true?" ! x3


_______________________________________

6 .


Tomei um banho rápido e desci para baixo a comer qualquer coisa. Ainda estou atónica com isto tudo. O Tom está em Portugal e possivelmente vou voltar a vê-lo. Agora é só esperar onde é que ele vai actuar.

A manhã passou num ápice e por volta do meio-dia, recebo uma sms do Tom.

From - Tom
To - Cátia: Hallo Tótó :b . Olha, o Jost não me diz onde é que vamos! Mas eu ando a tentar sacar-lhe imformação sobre, uma tarefa que está a ser um nisga dificil... Mas pronto, quando souber digo-te. Beijos Tótó. :b


OMG! Agora não sabe xD Tom Kaulitz e basta!
Respindi-lhe:
From - Cátia
To - Tom Kaulitz Tótó: Hallo (: Ok, assim que souberes, diz-me ;D Beijinhos e.. Tótó és tu!


Durante o resto do dia, o Tom nunca mais me disse nada. Andará assim tão ocupado? Well, é bem capaz...
OMFG, maldita festa que é já amanhã -,-

[Dia seguinte...]

Eu e a minha mãe passámos grande parte da tarde no cabeleireiro. Eu estiquei o cabelo e para o compor, iria pôr uns ganchinhos em forma de laço. A minha mãe apenas arranjou o dela --,

Cada um de nós vestiu-se a rigor para a festa e quando chegou a hora, lá fomos nós.

Quando lá chegámos, já havia montes de gente O.O' Credo --, Nunca pensei que a festa tivesse tanto pessoal O.O'

A Nicole estava ao lado dos pais dela --, Estava incrivelmente (quase) despida! O vestidinho que ela vestia era minusculo! Deve pensar qu é boa...

O pai dela veio cumprimentar-nos assim que nos viu á porta. Ela e a mãe nem se mexeram. E ainda bem!

Sentámo-nos numa mesa onde tinha o nosso apelido. Aquilo mais parecia um casamento, mas oook.

Serviu-se o jantar e a meio, a menina Nicole decide levantar-se e vir á minha beira.

Nicole: Espera só para ver o que o meu pai organizou... - Segredou-me ao ouvido.

Olhei para ela e vi-a afastar-se para junto dos seus pais. O que é que ela quis dizer com isto? Avaliando pelo sorriso dela, não é boa coisa.

[...]


Voz: Peço agora atenção a todos, se faz favor. - Virámo-nos para a pessoa que falava - Esta festa teve como objectivo celebrar mais um afiliado da empresa e esta noite podemos contar com a presença dos mesmos. - Toda a gente bateu palmas - Mas não é são só os convidados desta noite. Hoje, temos cá a especial participação de uma banda que está a ter um sucesso enorme pelo mundo... - Querem ver que ... - Eles que entrem: TOKIO HOTEL! - Gritou.

Fiquei boqueaberta!
Imediatamente, os quatro surgiram no palco. Primeiro o Gustav, depois o Georg, o Tom e por fim o Bill. Nem estava a acreditar que eles estão aqui. É demasiado irreal para acreditar.

Fiquei de tal forma emocionada que a primeira coisa que fiz foi tentar acalmar-me, antes que me desse em ataque cardíaco! Bebi água, muita!

Não tocaram durante muito tempo, pois esta visita foi só para marcar um acontecimento. E com certeza que foi a Nicole que convenceu o pai dela a eles cá virem. Wtv, só tenho de lhe agradecer por os ter trazido cá de novo.

Quando a actuação findou, levantei-me e fui ter com a Nicole. Estava outra vez com aquele maldito sorrisinho estupido!

Nicole: Nem penses Cátia! Só eu posso ir ter com eles!
Cátia: Então vai! Estás á espera do quê? Que eles te caem aqui?
Pai da Nicole: Nicole, filha, deixa a Cátia ir também. Não sejas egoísta! E além disso, ela tem o mesmo direito do que tu em os ir ver. - Uhuh, pontos a favor para o Senhor Pai da Nicole! - Vão e divirtam-se. Nicole, nem te atrevas a refilar!
Nicole: Arrr!

Ela seguiu em frente em passo apresado. Segui-a. Foi dar a uma sala onde estavam dois seguranças da Nicole á porta.

Deixaram-nos entrar e todos ficaram estupefactos e olhar para nós ou... Para o figurino quase despido da Nicole.

Nicole: Hallo... - Saudou ela com ar de importante - Eu sou a...
Tom: Cátja? És mesmo tu? - Perguntou imterrompendo a Nicole.

Continua...


________________________________________


Aww , como correrá o encontro entre estes dois? =$
Kisses&Hugs «3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sayiitloud.blogspot.com
Bia k.

avatar

Número de Mensagens : 4724
Idade : 22
Localização : no quarto do Bill
Tokio Hotel preferido : Bill kaulitz <3
Data de inscrição : 20/09/2008

MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   Sab 21 Mar 2009, 10:45

kero maisssss
beijinhoo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.beatriz25595.hi5.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Can Be True? - Cap. 7 #   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Can Be True? - Cap. 7 #
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» PHIL COLLINS - TRUE COLORS (BEST VERSION)
» EFX True Bypass Looper
» EXAR Electronix
» Beautiful Love e Nardis(solos de Bill Evans)
» pedal Electro Harmonix estalando quando liga

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Português dos Tokio Hotel :: Inacabadas-
Ir para: