InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
LeOaZiNhA_KaUlItZ

avatar

Número de Mensagens : 2678
Idade : 24
Localização : ao lado do TOM!
Tokio Hotel preferido : TOM!!!!!!
Data de inscrição : 28/05/2008

MensagemAssunto: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Ter 12 Ago 2008, 16:59

aqui vai uma fic que eu li noutro forum (e que AMEI!!!!)

pedi a autora e ao ppl aqui do forum e deicharam-me posta-la

aqui vai a introduçao

espero que gostem o quanto eu gosto!!!!

(atençao esta fic é GRANDEEEE!!!!! tem 118 capitulos :DDDD [assim é que eu gosto delas xD])



Esta Fic vai ser sobre duas raparigas gémeas separadas a nascença e não sabem da existência uma da outra, mas ao participar num concurso o destino vai fazer junta-las novamente e serem felizes e descobrirem o amor juntas.
Basicamente vai ser a descoberta da existência uma da outra, do amor e da felicidade.
As personagens são:

Mary-Kate: É uma jovem de 17 anos, super feliz tem uma família que adora e não tem irmãos. Têm cabelo castanho-escuro com tons ruivos, olhos cor de mel, têm um estilo muito sensual. Adora a musica e dançar. Vive na Alemanha em Berlim.

Kate-Mary: É uma jovem de 17 anos, que vive a vida a saltar de instituição, não têm uma vida lá muito feliz. Têm cabelo castanho com tons ruivos, olhos castanhos amêndoa, têm um estilo desportista mas sempre em tons escuros. Adora a musica e dançar. Vive em Portugal em Lisboa.

Tokio Hotel: Acho que toda a gente sabe quem eles são.

As outras personagens vão aparecer aos poucos.



(made by: 'Leoa'Kapa')


Última edição por LeOaZiNhA_KaUlItZ em Sex 21 Nov 2008, 14:46, editado 16 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hiitinha



Número de Mensagens : 94
Idade : 24
Localização : Almada
Tokio Hotel preferido : Bill Kaulitz
Data de inscrição : 30/08/2007

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Ter 12 Ago 2008, 17:16

Eu tambem a li :O
Gostei bué dela, esta realmente muiito fixe ;D
Tiveste uma boa ideia em posta aqui Very Happy
Posta o 1º capitulo Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
cat

avatar

Número de Mensagens : 2743
Idade : 22
Tokio Hotel preferido : everyone
Data de inscrição : 11/12/2007

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Qua 13 Ago 2008, 03:28

Estou a gostar :'DD

QUEROO O PRIMEIRO, por favor (:
RÁPIDDOO
Nao me deixes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeOaZiNhA_KaUlItZ

avatar

Número de Mensagens : 2678
Idade : 24
Localização : ao lado do TOM!
Tokio Hotel preferido : TOM!!!!!!
Data de inscrição : 28/05/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Qua 13 Ago 2008, 13:11

Capitulo 1 - Conseguir!



Berlim, Alemanha
Mary: Consegui!! Consegui!! – Gritou ela em plenos pulmões.
Mãe da Mary: O que se passa, filha? – Disse ela entrando pelo quarto.
Mary: Mãe eu passei!
Mãe: Passas-te a onde?
Mary: No concurso que eu te falei, da banda alemã.
Mãe: Tokio Hotel.
Mary: Isso eu passei! Éramos muitas raparigas a participar e eu passei. – Disse ela ainda mentalizando-se que tinha conseguido.
Mãe: Quando é que vais?
Mary: Daqui a dois dias.
Mãe: Então vai e sê feliz.
Mary: Vou ser de certeza.

Lisboa, Portugal
Kate: Consegui!! Consegui!! – Gritou ela assustando todos que estavam na instituição.
Rui: O que se passa Kate?
Kate: Eu passei!!
Rui: No concurso?
Kate: Yeah! Vou para Alemanha daqui a dois dias.
Rui: Já avisas-te a Elizabete?
Kate: Já! Avisei-a quando decidi participar.
Rui: Então miúda, atira-te e pede-lhes para virem dar um concerto a Portugal.
Kate: Claro!

Hamburgo, Alemanha
Tom: Quando é que chegam as vencedoras do concurso que laça-mos?
David: Daqui a dois dias.
Bill: Mas o concerto é daqui a quatro.
David: Isso vai ser a prova de fogo para elas.
Georg: Como é que elas se chamam?
David: Mary-Kate…
Tom e Bill: Olsen?
David: Não! Mary-Kate Klaus.
Gustav: Não eram duas?
David: Sim! Temos também a Kate-Mary.
Bill: São irmãs?
David: Não uma é portuguesa e outra alemã.
Gustav: Pelo nome parecia.
David: Nem a situação como vivem: uma têm família e outra vive numa instituição.
Tom: Ok. São giras?
David: Não sei! Logo veremos.
Georg: Espero que sejam giras.

2 dias depois...

Hamburgo, Alemanha
David: Podia ao menos ser pontual? –Disse enquanto esperava no aeroporto pela Kate.- Estas raparigas! Ainda acho uma má ideia termos contratado elas. – Disse falando para si próprio.
Kate: David Jost? Eu sou a Kate-Mary. – Disse aproximando-se dele e colocando-o a sua mão no ombro dele.
David: Até que enfim.
Kate: Desculpe, mas houve uns problemas no aeroporto.
David: Não há problema, vamos para hotel deves estar cansada.
Kate: Sim um bocado.
David: Vamos! Eu levo-te as malas. – Pegou numas malas dela e andaram para saída.
Chegaram em pouco tempo ao Hotel onde ela ia ficar hospedada, fizeram o check-in e ela foi logo para seu quarto precisava muito descansar.
A Mary entretanto tinha chegado ao Hotel e foi também para seu quarto instalar-se e voltar a pensar naquilo que tinha acontecido mas acabou por adormecer.
Kate foi acordada por os barulhos de alguém a bater à porta.
Kate: O que deseja?
David: Gostava de saber como é que estava e já conheceu a outra vencedora.
Kate: Não! Amanhã logo verei isso.
David: Ok, amanhã as 10h00 têm de estará lá em baixo na recepção.
Kate: Ok. Agora adeus eu estou a morrer de sono.
David: Adeus! – Ela fechou-lhe a porta na cara. – Pareces-te mesmo com o Bill.

Dia seguinte de manhã.
Kate acordava cedo e vestiu a sua roupa. Vestiu um top branco, e umas calças verdes, atou o seu cabelo e meteu um boné e calçou os seus ténis brancos.
Mary nuns quartos ao lado também acordava. Vestiu umas jeans nem largas, nem justas, um top vermelho com um belo decote, deixou o seu longo cabelo cair-lhe sobre as costas e vestiu os seus ténis pretos.
Saíram ambas ao mesmo tempo e correram para direcções contrárias, entraram em elevadores diferentes mas com o mesmo andar a recepção.
Os elevadores pararam e lá saíram as duas e lá estava o David a espera delas.
As duas correram em direcção a elas e ele cada vez ficava espantado com as semelhanças delas que eram muitas.

Continua...

Como será a reacção delas? Como serão aceitas pelos rapazes? Em que consistia o concurso? Deiam as vossas opiniões.
Comentem...
Só continuarei se gostarem...
JOKAS.

(made by: 'Leoa'Kapa')
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
cat

avatar

Número de Mensagens : 2743
Idade : 22
Tokio Hotel preferido : everyone
Data de inscrição : 11/12/2007

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Qua 13 Ago 2008, 13:57

Como será a reacção delas? Como serão aceitas pelos rapazes? Em que consistia o concurso?

Fiz as mesmas perguntas que tu xDD
QUERO SABER Ò_Ó

MAIIIISSS *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
M@r!ana

avatar

Número de Mensagens : 647
Idade : 20
Localização : Algures por aí xD
Tokio Hotel preferido : Bill Kaulitz
Data de inscrição : 26/04/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Qua 13 Ago 2008, 14:44

Amei!!

Tá linda!!

Quero mais!

Beijinhos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twilight-portuguese.twilight-vampire.com
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. ♥
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Qua 13 Ago 2008, 15:40

Acho que vou acompanhar esta fic. ;D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
LeOaZiNhA_KaUlItZ

avatar

Número de Mensagens : 2678
Idade : 24
Localização : ao lado do TOM!
Tokio Hotel preferido : TOM!!!!!!
Data de inscrição : 28/05/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Sex 15 Ago 2008, 06:09

obrigado pelos coments Very Happy e desculpem ontem nao ter posto o capitulo mas eu hoje vou-vos compensar! (voces nao tem a minima das nocoes de quanto tempo é que eu lever pa me lembrar da palavra compensar! demorei precisamente 41 minutos!!!! o que faço por voces xDD)

Capitulo 2 - Twins!?


*As duas correram em direcção a elas e ele cada vez ficava espantado com as semelhanças delas que eram muitas*
Mary e Kate: Bom dia, David!!
David: Bom dia!! – Disse ele ainda surpreendido. – Querem conhecer os rapazes.
Mary: Claro!! Não te conheço?
Kate: Não mas também tenho a sensação de te conhecer. A tua cara é me familiar.
David: Vamos!!
Kate: Sim!! – Entraram ambos no elevador e dirigiram-se ao quarto onde se encontravam eles.
Chegaram ao quarto, David bateu a porta e eles responderam, logo de seguida David entrou deixando as raparigas à espera no corredor.
Gustav: As raparigas?
David: Estão lá fora.
Bill: Sabias que não se deixa duas donzelas abandonadas num Hotel principalmente quando o meu irmão está nele. – Elas que estavam encostadas à porta quando ouviram aquilo partiram-se a rir.
Tom: Quem é que está ai?
Mary e Kate: Nós!! Desculpem…- Disseram enquanto entravam pela porta com dois sorrisos que iluminavam.
Tom: Gémeas!! Vou ter muita diversão. – Elas começaram a rir novamente dele.
Kate: Nós não somos gémeas. – Disse ela tentando conter o riso.
Bill: Vocês são mais parecidas que eu e o Tom.
Mary: Sem dúvida, é pena não ter descoberto essas semelhanças.
Kate: Eu também acho.
Gustav: Hallo!! Eu sou o Gustav.
Mary: Mary-Kate.
Kate: Kate-Mary
Bill: Vocês são gémeas eu sabia até tem o nome parecido.
Kate: Eu não sou irmã da Mary-Kate.
Mary: Nem eu da Kate-Mary.
Georg: Mas vocês são a cara uma da outra.
Kate: Já chega dessa brincadeira estúpida, já não estou achar piada.
Mary: Nem eu.
David: Prontos nós percebemos, os rapazes prometem parar. – Ele deitou um olhar ameaçador a eles. – Agora eles vão te explicar o que vocês devem fazer. E eu vou tratar de outros assuntos.
Kate: Ok. Adeus David! – Ele saiu e deixou todos eles sozinhos.
Gustav: Sentem-se para conversar mais à vontade. – Elas fizeram o que ele disse.
Mary: Então o que vamos ter de fazer.
Bill: É fácil porque senão não tinham cá chegado. Vão ter de estar em palco connosco…
Tom:A dançar.
Kate:Sim mas conseguiam ser mais explícitos.
Gustav: Fácil terão de dançar ao som da música e claro interagirem connosco e com os fãs.
Mary: Ok e durante quanto tempo teremos de fazer isso.
Bill: A nossa tour toda mas pêro que vocês não se importam.
Mary e Kate: Claro que não nós amamos dançar.
Tom: Óptimo partimos hoje à tarde para Paris.
Kate: Não podiam ter escolhido outro sitio.
Bill: Não!
Mary: Vai ser difícil. Mas nós iremos de conseguir.

Aeroporto Hamburgo, Alemanha
Tom: Prontas para enfrentar as fãs?
Mary: Vai ter que ser.
Bill: Pois não têm outra opção mas não se preocupem vão ter seguranças a proteger-vos.
Kate: Sinto-me muito mais aliviada. Um matulão que pode cair em cima de mim com a pressão das fãs e umas quantas de fãs loucas para me devorarem. – Disse num tom sarcástico.
Gustav: Tenham calma! Vão ver que tudo vai correr bem.
Georg: E nós estamos cá para vós proteger.
Kate: Vocês são uns queridos mas agora esses dois ai não se fala.
Tom: O que queres dizer com isso?
Kate: No avião faço-te um boneco.
Eles passaram a multidão de fãs e elas ouviam os comentários desagradáveis como olhares assustadores.

Hotel Paris, França umas horas depois.
Mary: Julgava que ia ser comida pelos olhares dela.
Gustav: Tu logo vais te habituar e elas a ti.
Mary: Espero bem que sim.
Kate: Não te preocupes eu estarei aqui e apoiaremos uma à outra.
Mary: Ok faremos isso.
Tom: Raparigas senão se importam eu vou para o meu quarto descansar.
Bill: Eu também logo temos ensaio.
Mary: Ok lá estaremos. – Todos dirigiram-se aos seus quartos.
Mary e Kate estavam-se a dar lindamente ambas sitiam que já se conheciam há muito tempo. Ficaram a conversar horas e horas só pararam de falar quando repararam que estavam a bater à porta,
Kate: Quem é?
Gustav: Sou eu! Só queria vos dizer que esta na hora do ensaio.
Mary: Vamos já! – Poucos tempo elas desceram e foram ter com eles a recepção.
Georg: Já cá estamos todos.
Kate: Não falta o Tom. Por acaso onde é que ele está?
Bill:No quarto ele ontem teve a fazer exercício físico agora esta cansado.
Mary: Já ouvi chamar muita coisa agora exercício físico nunca.
Kate: Eu vou lá chama-lo. Alguém tem o cartão do quarto dele.
Bill: Não mas eu peço um para ti. – Ele foi lá e pediu depois voltou e entregou-o à Kate.
Ela subiu, passou o cartão na ranhura e a porta abriu-se ela encontrou-o deitado na cama ferrado a dormir.
Kate: Tom! Acorda. – Disse ela docemente, mas ele nada. – TOM!! – Gritou mas continuava na mesma foi até à casa-de-banho tirou lá um copo com àgua e despejou-lho em cima.
Tom: O que foi isso?
Kate: Hallo!!
Tom: Dormis-te aqui?
Kate: Deves-te julgar muita bom. Não dormi aqui e nem vou dormir. E agora vê-la se te despachas que o pessoal espera-te.
Tom: Ok, se te importas sais que eu quero mudar de roupa porque tu molhas-te me.
Kate: Não há problema podes despir-te à minha frente deves julgar que eu vou te deixar sozinho para poderes dormires.
Tom: Ok fica ai mas depois não digas que estás apaixonada por mim.
Kate: Coitado!! És mesmo convencido. Muda-lá de roupa que eu tenho mais que fazer. – Ele despiu a sua camisola deixando o seu corpo musculado à mostra, os olhos da Kate percorriam cada centímetro daquele corpo provocando-lhe calor.
Ele reparou que ela estava a ficar constrangida e sorriu-lhe depois tirou as calças mas não parava de olhar para os olhos dela que brilhavam a olhar para ele que ao tirar as calças faz algo fazendo o desiquilibrar.
E cai exactamente na cama onde estava sentada Kate por cima dela os seus corações batiam aceleradamente a suas respirações aumentava os seus corpos não conseguiam mais resistir ao desejo de se tocarem.

Continua…

O que será que vai acontecer com a Kate e o Tom? Será que elas chegarão a envolver-se com um deles? E com quem? Deiam as vossas opiniões.
Comentem...
JOKAS GRANDES

(made by 'Leoa'Kapa')
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
M@r!ana

avatar

Número de Mensagens : 647
Idade : 20
Localização : Algures por aí xD
Tokio Hotel preferido : Bill Kaulitz
Data de inscrição : 26/04/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Sex 15 Ago 2008, 12:27

O que vai aconteçer entre eles??

Mais!

Beijinhos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twilight-portuguese.twilight-vampire.com
cat

avatar

Número de Mensagens : 2743
Idade : 22
Tokio Hotel preferido : everyone
Data de inscrição : 11/12/2007

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Sex 15 Ago 2008, 12:41

AIIIIII QUEROOO MAISSSSSSSSSS *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LeOaZiNhA_KaUlItZ

avatar

Número de Mensagens : 2678
Idade : 24
Localização : ao lado do TOM!
Tokio Hotel preferido : TOM!!!!!!
Data de inscrição : 28/05/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Sab 16 Ago 2008, 15:02

ppl desculpem ontem nao vos ter compensado mas nao tive ipotece (ou como se escreve xD) fui pa "borga" e cheguei tarde e tal...
obrigada pelos comentarios!!!!!!!!!!
hoje bao dois capitulos Very Happy


Capitulo 3 - Pressentimento


*E cai exactamente na cama onde estava sentada Kate por cima dela os seus corações batiam aceleradamente a suas respirações aumentava os seus corpos não conseguiam mais resistir ao desejo de se tocarem.*
Kate: Para!! Não posso fazer isto. – Disse enquanto o tirava de cima dela.
Tom: Não me digas que não te sentes atraída por mim.
Kate: Não! Vê se te despachas, estamos lá em baixo à tua espera.
Tom: Ok. – Ela saiu batendo com a porta com a máxima de força possível. – Ainda iras vir comer à minha mão.
Ela já estava ao pé deles à espera na recepção pelo o Tom que fez questão de demorar-se o máximo de tempo possível.
Quando ele desceu, meteram-se dentro da carrinha e partiram.

Zenith, França – 17h00
Mary: Vai ser aqui! – Disse ela num tom eufórico que tentava esconder.
Bill: Vai! Mas isto não é assim tão grande.
Georg: Kate passa-se algo? – Ele tinha reparado que ela estava diferente desde que tinha voltado do quarto do Tom.
Kate: Não! São sou nervos.
Georg: Por momentos fiquei preocupado.
Kate: És um querido.
Mary: Passa-se algo contigo não sei porque mas consigo senti-lo. – Disse-lhe ao ouvido.
Kate: Depois conto-te.
Gustav: Vamos!
Tom: Claro! Eu ainda quero ver hoje as raparigas a dançar. – Meteu os seus braços à volta delas este gesto fez Kate afastar-se.
Bill: Kate estás com medo do Tom? Ele fez te algo?
Kate: Não só não gosto que me agarram.
Eles entraram e dirigiram-se à zona dos bastidores haviam dois camarins um para as raparigas e outro para os rapazes, elas instalaram-se no seu e vestiram as suas curtas roupas mas confortáveis para dançar.
Elas quando acabaram dirigiram-se ao palco onde já estavam eles a ensaiar, mas pararam quando viram aquelas duas belezas a dirigirem-se para eles.
Georg: Lindas!!
Mary: Obrigado és um querido.
Georg: Vocês devem achar todos queridos.
Mary: É possível.
Bill: Meninas só terão de combinar os vossos passos aqui têm a lista das canções que vamos tocar no concerto terão de inventar as coreografias. – Disse num tom frio.
Mary: Podias ser um bocado mais simpático.
Bill: Trabalho é trabalho.
Mary e Kate: Irritante.
Eles começaram a tocar e elas combinavam os passos que praticamente saiam facilmente mas também não se esqueceram que tinham de se integrar com eles por isso havia partes que elas iam ao pé deles e diziam o que eles tinham de fazer.
Numa certa altura Kate não resistiu e riu-se descontroladamente.
Tom: O que foi?
Kate: Desculpa mas quando estás a tocar parece que estás a ter um orgasmo e eu lembrei-me de quando estas a fazer sexo como será a tua cara.
Tom: Estás curiosa?
Kate: Pode-se dizer que sim.
Tom: Então logo à noite vai ao meu quarto.
Kate: Vou pensar no assunto. – Eles lá acabaram de ensaiar e foram para os bastidores.

Hotel Paris, França – 21h15
Mary: Estou a morrer de fome.
Kate: Eu também.
Gustav: Podemos ir ver o que eu há para jantar.
Mary: Faz isso. – Eles lá jantaram o que Havia e depois dirigiram-se todos aos seus quartos onde descansaram.

Quarto da Mary e Kate - 1h00
Mary: Estás a dormir?
Kate: Não consigo, não paro de pensar no concerto e no Tom.
Mary: No Tom?
Kate: Não sei se conto.
Mary: Conta.
Kate: Quando fui chamar o Tom aconteceu algo estranho.
Mary: O que? – Kate contou-lhe tudo o que tinha acontecido. – Não estás apaixonada por ele.
Kate: Não! Eu e o Tom nunca vai haver nada entre nós.
Mary: Eu estou com medo que te magoes por causa dele.
Kate: Não te preocupes não irá acontecer nada entre mim e ele.
Mary: Fico mais descansada agora é melhor dormir-mos amanhã temos um grande dia.
Kate: Tens razão. – Acabaram por adormecer.

Hotel Paris, França – 15h00
Gustav: Onde é que elas se meteram?
Georg: Quando eu chamei por elas antes de descer elas começaram a mandar vir.
David: Isto não pode ser, vai lá um de vocês chama-las.
Bill: Já não é preciso elas vem ai. – Vinham elas muito sorridentes.
David: Isto não pode ser assim meninas.
Kate: Desculpe mas esquecemos nos de acordar.
David: Que não se volte a repetir.
Mary: Esteja descansado não se voltará a repetir.
Tom: Vamos! – Eles estava sem dúvida mau humor afinal tinha ficado sem companhia ontem à noite por estar à espera da Kate.
Bill: Yeah, vamos é que isto de trabalhar com raparigas está-me a dar cabo do sistema.
Mary: Não te queixes. – Disse-lhe dando um palmadinha nas costa em forma de consola-lo.

Zenith Paris, França
David: Vejam tudo se está em ordem e depois podem descansar até ao concerto até dar uma volta se quiserem.
Bill: Dar uma volta com as fãs que estão por ai.
David: Disfarça-te ou leva o Saki.
Mary: Eu quero ir conhecer Paris, alguém quer vir comigo.
Gustav: Eu vou.
Kate: Desculpa Mary mas não estou com espírito.
Mary: Não faz mal.
Tom: Vamos ensaiar. – Eles afirmaram todos e foram ensaiar, logo depois Gustav e Mary saíram para explorar Paris.
Kate estava com os rapazes que pareciam loucos cada vez que o concerto se aproximava.
Kate: Parem!!
Tom: Se estás mal muda-te.
Kate: Ok vou em embora. – Levantou-se do sofá e dirigia-se par porta quando de repente cai para trás mas é segurada pelo Tom que no gesto repentino foi segura-la. – Mary!!Cuidado!! – Gritou ela, o seu coração batia cada vez mais forte.
Bill: Kate o que se passa?
Kate: A Mary…- Dizia ela enquanto tentava recuperar o fôlego. – estou sentido algo de estranho…
Georg: O que se passa? O que sentes?
Kate: Não sei! Só sei que é com a Mary.
Tom: Não será tudo para eu te agarrar.
Kate: Anormal! – Saiu dali e dirigiu-se ao seu camarim.
Pensamento da Kate: O que se passará? Porque que tenho estas visões novamente? Mas já consigo ver a pessoa e porque que ela é a Mary? Porquê? Porquê? – Sentou-se no chão num canto enrolou-se e meteu a cabeça entre as pernas e deitou uma lágrima que caiu naquele rosto pálido.
Continua…

O que será que aconteceu a Mary? Será só um pressentimento? Será que Kate têm um dom? Deiam as vossas opiniões.
Comentem...
BJS



Capitulo 4 - Cópia


*Pensamento da Kate: O que se passará? Porque que tenho estas visões novamente? Mas já consigo ver a pessoa e porque que ela é a Mary? Porquê? Porquê? – Sentou-se no chão num canto enrolou-se e meteu a cabeça entre as pernas e deitou uma lágrima que caiu naquele rosto pálido.*

Paris, França
Gustav: Mary!! – Correu para ela. – Estás bem?
Mary: Sim!! Foi só um susto. – Disse levantando-se do chão.
Gustav: Por momentos julguei que aquele louco te ia atropelar.
Mary: Eu também. Gustav podemos ir para local do concerto acho que a minha vontade de passear foi-se.
Gustav: Claro, vamos lá. – Meteu os seus braços nos ombros e foram.

Zenith Paris, França – Algum tempo depois
Tom: Já! – Disse quando os via aproximar.
Gustav: Já.
Mary: A Kate?
Bill: Pressentiu algo, depois o Tom foi estúpido com ela e saiu.
Tom: Hey! Eu não fui estúpido. – Levantou-se deu uma volta à Mary. – Viram está igual, inteira e bastante parecida com à outra gémea que saiu.
Mary: Estúpido! – Deu-lhe um estalo que se ecoou naquela sala.
Tom: O que foi isso? – Perguntou com a mão na cara vermelha.
Mary: A Kate não é minha irmã é só minha amiga. E eu ia sendo quase atropelada e agora levo com um tipo tarado como tu.
Georg: Cais-te no chão?
Mary: Sim mas como sabes?
Bill: A Kate quando teve a visão ia caindo mas o Tom aparou-a.
Georg: E atirou-se a ela à força toda.
Gustav: Tom!! Elas são nossas bailarinas e não aquelas raparigas a quem te costumas atirar.
Tom: Pronto não batem mais no ceguinho. Já vi que fiz o que não devia.
Mary: Ela merece um pedido desculpas.
Tom: Tens razão! – Disse baixando o olhar.

Camarim das raparigas.
Kate: Odeio-te! Odeio-te! – Dizia enquanto chorava, baloiçando o seu corpo.
Tom: Kate posso?
Kate: Não!
Tom: Desculpa-me. – Disse entrando chegou-se perto dela e meteu-lhe a mão na cabeça tocando naqueles fios cabelos acastanhados. – Kate olha para mim.
Kate: Não!
Tom: Desculpa-me, eu fui um estúpido.
Kate: Não és? – Disse levantando a cabeça e soltou um sorriso.
Tom: Não! Pelo emnos és mais simpática do que a tua cópia.
Kate: Cópia.
Tom: A Mary, mas é uma cópia muito mal feita.
Kate: Deixou de ser minha gémea?
Tom: Deixou, desde que a copia me deu um estalo.
Kate: Tom, lembra-me de agredecer-lhe.
Tom: És assim assim para mim. Vou-me vingar. – Sorriu-lhe e comçou-lhe a fazer cócegas.
Kate: Para!! Tom Kaulitz para!! – Disse entre risos.
Tom: Ficas muito mais gira a rir.
Kate: Tu nunca és giro.
Tom: Estou zangado. – Fez uma cara triste e parou lhe de fazer cócegas, virando-lhe as costas.
Kate: Tom, estava a brincar. – Disse agarrando-lhe o braço, puxando-o para ela ficando muito próximos.
Continua…

O que será que vai acontecer a seguir? Aceitam-se opiniões.
Comentem...
BJS

(made by: 'Leoa'Kapa')


desculpem mas eu hoje nao tenho tempo para por isto as corzinhas... nao tou nos meus melhores dias...


Última edição por LeOaZiNhA_KaUlItZ em Seg 29 Set 2008, 13:57, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vania_21

avatar

Número de Mensagens : 4466
Idade : 28
Localização : porto
Data de inscrição : 07/05/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Sab 16 Ago 2008, 15:31

Estive agora a ler os capitulos que postaste até agora e estou a adorar.

Quero maaaiisss.

Kusses
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://vaniatv.hi5.com
LeOaZiNhA_KaUlItZ

avatar

Número de Mensagens : 2678
Idade : 24
Localização : ao lado do TOM!
Tokio Hotel preferido : TOM!!!!!!
Data de inscrição : 28/05/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Dom 17 Ago 2008, 13:09

obrigado pelos comentários!

Capitulo 5 - Saco de batatas?



*Kate: Tom, estava a brincar. – Disse agarrando-lhe o braço, puxando-o para ela ficando muito próximos.*
Tom: Eu também como que eu podia ficar zangado com uma coisa tão fofa.
Kate: Que querido! Estou comovida. – Disse num tom de gozo.
Tom: Há muitas coisas que não sabes sobre mim.
Kate: Que és tarado. Espera essa eu já sei.
Tom: Vais ver o que tarado vai te fazer. – Pegou nela ao colo tipo saco de batatas e passeou com ela pelos bastidores.
Kate: Tom Kaulitz mete-me no chão. – Disse esperneando.

Camarim dos rapazes
Bill: Mano belo saco de batatas que arranjas-te.
Kate: Quando ele me meter no chão vais ver o que saco de batats te faz.
Georg: Agressiva.
Kate: Tom larga-me.
Tom: Querias.
Mary: Parecem mesmo crianças.
Tom: Mano agarra ai na avozinha.
Bill: É para já.
Mary: Bill não! – Disse fugindo.
Bill: Sim Mary-Kate. – Disse metendo-a aos seus ombros.
Mary: Vou-me vingar Bill Kaulitz.
Bill: Força!
Gustav: Deixem lá as raparigas em paz.
Tom e Bill: Não!
Mary: Kate não queres trocar é que eu estou em cima da torre.
Kate: Não! Eu cá prefiro o anão.
Tom: Anão? Menina Kate-Mary não ofender o Tom Kaulitz é a primeira regra de trabalho.
Kate: Ficou zangado foi? Ainda por cima foi buscar a desculpa do trabalho, senão tens mais ideias mete-me no chão.
Bill: Adoro-te Kate.
Mary: Chega de conversa fiada e mete-me no chão.
Bill: Nem penses.
Georg: Vá já chega.
Gustav: Parem!
Mary: Eles tem razão só por um simples acaso.
David: Mas o que se passa aqui! – Gritou ele entrando quando reparou na agitação que havia entre aquelas quatro paredes.
Gustav: Eles passaram-se e não largam elas.
David: Falta pouco tempo para concerto e vocês assim como se nada fosse.
Kate: Desculpa mas eles enlouqueceram.
Bill: Já estão no chão não reclamem.
Mary: Não! Só estive meia hora em cima de uma girafa armada em leão.
Kate: Boa!
Tom: Adoro-te Mary.

Camarim das raparigas – Poucos minutos antes do concerto
Mary: Oh mein gott!! – Disse espantada com o que estava a ver. – Não é possível?

Continua…

O que será que ela viu? Opiniões aceitam-se.

Comentem...se tiver 3 comentários postarei outro ainda hoje ams quero 3 comentários ou mais.
JOKAS.
(made by: 'Leoa'Kapa')
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
cat

avatar

Número de Mensagens : 2743
Idade : 22
Tokio Hotel preferido : everyone
Data de inscrição : 11/12/2007

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Dom 17 Ago 2008, 13:14

O que é que ela viu?
Shocked

QUEROOOO MAISSSSS *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laura @

avatar

Número de Mensagens : 894
Idade : 23
Localização : Viseu :3
Tokio Hotel preferido : Every single one :'D
Data de inscrição : 18/03/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Dom 17 Ago 2008, 18:00

Ta bue fixe a fic!
Qero mais!
O qe se passou?
*.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lafaespesoma.hi5.com
LeOaZiNhA_KaUlItZ

avatar

Número de Mensagens : 2678
Idade : 24
Localização : ao lado do TOM!
Tokio Hotel preferido : TOM!!!!!!
Data de inscrição : 28/05/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Seg 18 Ago 2008, 16:14

Capitulo 6 - Comendo com os olhos



*Mary: Oh mein gott!! – Disse espantada com o que estava a ver. – Não é possível?*
Kate: Estamos iguais. – Dizia ela ao olhar para enorme espelho, elas tinham roupas iguais, penteados iguais fazendo notar-se mais as suas semelhanças.
Mary: Seremos mesmo gémeas?
Kate: É possível senão sósias.
Mary: Estou curiosa. O que seremos uma à outra?
Kate: Não sei!!
David: Meninas vamos começar! – Disse batendo à porta do camarim delas.
Mary: David entra e diz-me quem eu sou?
David: Oh mein gott!! Não vos consigo distinguir.
Kate: Nem eu!
David: Vamos?
Mary: Sim! Alias eu sou a Mary.

Bastidores – Antes de entrar em palco.

Tom: Kate estás uma bomba. – Disse abraçando a Mary.
Mary: Tom Kaulitz eu sou a Mary.
Tom: A sério!
Georg: Mary andas demais com o David.
David: Ma seu não vejo a Mary em lado nenhum.
Georg: Então a gozar comigo não!
Kate: Prazer eu sou a Kate. – Disse enquanto lhe estendia a mão.
Georg: Mas o Tom abraçou a Kate à pouco tempo.
Kate: A Mary foi quem ele abraçou.
Georg: Vocês confundem-me.
Tom: Kate essa tatuagem não da para mentir.
Mary: Sou a Mary e tenho a desde que me conheço.
Kate: Tom Kaulitz atiras-te agora às duas.
Tom: Mary, Kate. – Disse olhando para as duas.
Gustav: Muda-mos de bailarinas? - Disse confundido.
Bill: Que deusas! – Disse enquanto a sua baba escorria.
Mary: Tom como é que sabes que a Kate tem uma tatuagem e logo no tornozelo?
Kate: Tom andas-te me a comer com os olhos?
Bill: Mas elas tem tatuagem?
Kate: Tenho uma.
Mary: Eu também ao que aprece é igual à da Kate.
Gustav: E como é que o Tom sabe disso?
Kate: Andou-me a comer com os olhos.
Georg: Eu também e não reparei na tatuagem.
Kate: Quem mais me comeu com os olhos?
Bill: Eu não!
Gustav: Nem eu!
Mary: Vou começar andar tapada.
Kate: Eu também.
Tom: Não façam isso por favor. – Implorava ele.
Mary: Promete que não comes mais com os olhos as duas meninas que trabalham para ti.
Bill: Ele promete senão apanha.
Kate: Acho bem!

Palco – Inicio do concerto

As fãs gritavam por eles, era euforia total. As luzes apagaram-se, entrou Gustav e dirigiu-se à sua bateria logo de seguida Georg e Tom.
Ouvia-se agora o som dos instrumentos, apareceu dois vultos que se ajoelharam de costas para as fãs e logo se ouviu a voz do Bill às luzes acenderam-se.
As raparigas foram para junto do Bill e dançaram.

Bastidores – Fim do concerto
Kate: Morta!!
Mary: Yeah!! Mas correu bem.
Gustav: Foram fantásticas.
Bill: Adorei!
Kate: Não admira só a baba que está caindo agora.
Georg: Acho que elas vão ser as gémeas mais conhecidas.
Mary: Georg’zinho sonhas tão alto.
Georg: A sério! Vocês são demais.
Kate: Georg’zinho não somos gémeas pelo menos não sabemos.
Bill: Gémeas tenho a certeza.
Tom: Meu, elas podem ser sósias.
Mary: Acho que ele não gostou do estalo.
Gustav: Acho que não para mudar de opinião.

Backstage – Algum tempo depois.

Fã: Hi!!
Fã2: Quem eram as gémeas?
Tom: Elas não são gémeas.
Fã: Elas tem alguma coisa com vocês?
Bill: Sim!

Continua…

Será que eles tem escondido algo? Qual será o relacionamento deles com elas? Opiniões acho que aqui aceitam-se, não tenho a certeza.

Comentem... que apartir de agora enquanto nao tiver 3 comentários nao ponho porque parece que o ppl nao gosta Sad
JOKAS GRANDES
(made by: 'Leoa'Kapa')
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laura @

avatar

Número de Mensagens : 894
Idade : 23
Localização : Viseu :3
Tokio Hotel preferido : Every single one :'D
Data de inscrição : 18/03/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Seg 18 Ago 2008, 16:30

Amei o capitulo!
Ta demais!
Qero mais!
E rápido!
A fic ta muito fixe!
=)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lafaespesoma.hi5.com
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. ♥
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Seg 18 Ago 2008, 16:52

gimme more. :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
Vania_21

avatar

Número de Mensagens : 4466
Idade : 28
Localização : porto
Data de inscrição : 07/05/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Seg 18 Ago 2008, 17:12

Qero mais!

Tá meme fixe.

Kusses
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://vaniatv.hi5.com
LeOaZiNhA_KaUlItZ

avatar

Número de Mensagens : 2678
Idade : 24
Localização : ao lado do TOM!
Tokio Hotel preferido : TOM!!!!!!
Data de inscrição : 28/05/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Qua 20 Ago 2008, 07:46

Ola! aobrigado pelos coments!!!
desculpem ontem nao ter posto mas nao pude...

entao pus hj o cap. 7 e 8
desculpem eu nao tive tempo para fazer os cores Sad mas aqui estao!




Capitulo 7 - Folhas sinistras


*Bill: Sim!*
Fã: O que?
Bill: Relacionamento profissional.
Fã2: Mas elas são irmãs.
Tom: Não são parecidas só isso.
Gustav: Mas gostaram delas.
Fã: Sim fizeram um óptimo trabalho.
Kate: Meninos já estamos prontas. – Disse entrando.
Georg: Kate sem duvida és a Kate. – Disse olhando para ela que agora tinha vestido umas calças desportivas verdes escuras, um top branco e um casaco também verde-escuro com os seus ténis pretos e cabelo novamente apanhado com um boné branco e verde em cima da cabeça.
Kate: Não sabiam que estavam acompanhados.
Fã: Podes ficar.
Kate: Não é preciso eu não queria incomodar.
Mary: Então rapazes já estão prontos.
Georg: És sem duvida a Mary. – Disse olhando para ela que agora tinha vestido uns calções, um top laranja, um casaco de ganga como os calções e tinha uma botas desportivas e o seu longo cabelo novamente solto sem qualquer adereço.
Bill: Ok, nunca mais se vistam iguais.
Kate: Agora que falas nisso acho que vou começar a vestir mais vezes como a Mary.
Tom: Faz isso. – Disse com segundas intenções.
Mary: Desculpa não nós apresentamos ainda.
Fã: Não há problema.
Kate: Sou a Kate. – Cumprimentou-as.
Mary: Sou a Mary e somos só parecidas – Também as cumprimentou.
Bill: São as nossas bailarinas.
Fã2: Gostamos muito de vos conhecer a todos.
Gustav: Nós também.
Tom: Adoramos saber que temos fãs como vocês.
Fã2: Adeus! – Disse saindo com a outra fã.
Mary: Tom eu percebi a parte de ter fãs como elas.
Tom: Eram simpáticas.
Kate: Não sei se tu querias que elas fossem simpáticas na cama também.
Tom: Vocês pensam tão mal de mim.
Kate e Mary: Pensamos a verdade.

Hotel Paris, França.
Kate: Adeus meninos. – Disse entrando para o seu quarto.
Mary: E por favor não se atrevam nos acordar antes do 12h00, senão matamos vos.
Bill: Depois as ninas aturam as nossas fãs.
Georg: Acho que não vão querer isso.
Mary: Amanhã discutimos isso. – Disse fechando a aporta do quarto.
Lá dentro Mary e Kate conversavam muito animadas.
Kate: Não achas estranhos termos tatuagem iguais.
Mary: Acho mas elas estão em pernas diferentes.
Kate: Yeah! É como sermos iguaizinhas uma à outra.
Mary: Mas conta lá aquilo de teres tido uma visão.
Kate: Eu tenho visões desde pequena não sei o que são nem conseguia ver a cara da pessoa que ia acontecer algo de mau mas hoje consegui ver e eras tu que estava ali e um carro vinha contra ti.
Mary: Isso é muito estranho mas já tiveste com mais alguém que conseguisses ver para além de mim.
Kate: Nunca. – Levantou-se da cama sentou-se no sofá pegou numa mala. – Mas que estranho o que é isto? – Disse com umas folhas nas mãos. – Isto eu lembro-me disto. Não! Outravés não eu fiz de tudo paar esquecer- – Disse soltando uma lágrima que percorreu aquela cara assombrada de medo.
Continua...

O que será aquelas folhas? O que ela tentou esquecer e voltou assombra-la agora? Opiniões aceitam-se.
Comentem...
JOKAS



Capitulo 8 - Desenho de talento ou pista?


*Kate: Nunca. – Levantou-se da cama sentou-se no sofá pegou numa mala. – Mas que estranho o que é isto? – Disse com umas folhas nas mãos. – Isto eu lembro-me disto. Não! Outravés não eu fiz de tudo para esquecer. – Disse soltando uma lágrima que percorreu aquela cara assombrada de medo.*
Mary: O que se passa? – Perguntou virando-se para ela. – Essas mala é minha.
Kate: De quem são estes desenhos?
Mary: Meus já tem anos mas porque?
Kate: Ele é o João o meu pai adoptivo.
Mary: Mas como é que eu desenhei-o eu nunca o conheci e isso é uma situação que me marca muito. Conheces a rapariga que não se consegue ver a cara?
Kate: Sim sou eu. – Disse chorando.
Mary: Oh mein gott! O que ele te fez não se faz! Estás bem?
Kate: Estou. Obrigado por te preocupares mas como é que desenhas-te isto?
Mary: Não sei porque mas houve uns anos que desenhava muito agora ao corre com menos frequência.
Kate: Mas isto tudo são situações que já me aconteceu.
Mary: Espera eu desenho-te sem te conhecer e tu tens visões comigo isto é deveras estranho. – Disse assustada. – Conta-me visões tuas.
Kate: Uma é de uma rapariga para ai com 6 anos que é atropelada, outra é de uma família que está toda a dormir e a casa arde toda e a minha visão fica toda nublada…
Mary: Isso aconteceu me tudo comigo.
Kate: Isto está a ficar estranho.
Mary: Sermos parecidas, tatuagem iguais em pernas diferentes e prevermos coisas uma da outra o que virá a seguir.
Kate: Não sei mas eu preciso de dormir já tive emoções que chegam por hoje.
Mary: Concordo amanhã falamos melhor e com as cabeças já refrescadas.
Kate: Até manhã! – Disse apagando a luz.

25 De Abril 2007 – 16h00, Quarto do Bill, Espanha
Bill: As gémeas dormem mais do que o Tom.
Gustav: Mas hoje o Tom ainda não está cá!
Georg: Deve-se ter divertido com alguma.
Bill: Tens razão. – Estavam ambos sentados nos sofás em frente da telivisão a ver o Bill a fazer zapping.
Tom: Hallo!! – Disse entrando. – As sósias?
Gustav: Deve ter mesmo doido aquele estalo.
Tom: Podes crer ela não tem a mão leve. Agora onde é que elas andam?
Bill: A dormir. – Mal acabou de falar ouviu bater à porta, levantou-se e foi abrir. – Olá desaparecidas.
Kate: Podemos entrar?
Bill: Claro entrem. – Disse abrindo a porta completamente.
Gustav: Bateram o recorde do Tom.
Mary: Eu tenho de dormir muito.
Kate: No meu país hoje é feriado e se lá tivesse ainda estava a dormir, mas ouve alguém que bateu no nosso quarto.
Georg: Não fui eu!
Mary: E nós que estávamos quase a voltar para cama perdemos a vontade de dormir por causa da brincadeira estúpida.
Gustav: Kate como é que falas tão fluentemente alemão, se és portuguesa.
Kate: Foi sempre uma língua que me chamou atenção era diferente e fui trabalhar para poder tirar o meu curso de alemão.
Bill: Já vi que és uma mulher de armas.
Mary: Podes crer.
Tom: Como é que sabes aquilo ali! – Apontou para Kate. – A pequena não vale nada. E vocês conhecem-se há dias ou tem algo mais para nos contar.
Mary: Eu sou da mesmo altura dela um bocado mais baixa três centímetro e não sabes quem é a Kate por estares a falar dela assim.
Tom: Não! Sei muito bem o que ela é.
Mary: Já te calavas.
Tom: Não!
Kate: Meu menino alguma vez eu fiz te algo. Já sei deve ter sido porque desde que me conheces há 1 mês e ainda não fui parar na tua cama.
Tom: És tão… - Olhou para ela e teve bastante tempo prendendo os seus olhos castanhos naqueles olhos castanhos cor de amêndoa. . Pequena.
Kate: O que a minha altura interessa?
Tom: Muito ou pequena. – Chegou-se perto dela e agarrou-lhe no queixo dela. – Até para olhares para mim tem de ser de cima, eu sei que é por ser superior a ti.
Mary: Já paravam. – Disse metendo-se entre eles.
Kate: Mudando de assunto acho que ele não merece resposta. Já estou com vocês há 1 mês e ainda não saímos à noite.
Georg: Não seja por isso. O que acham de irmos logo à noite a um bar que eu conheço que passa um som fixe aqui.
Mary: Acho uma óptima ideia.
Kate: Adoro-te Georg só tu para animares-me depois de aturar um bruta montes. – Disse dando-lhe um beijo na bochecha agarrada ao pescoço dela.
Georg: Estou cá para isso.
Gustav: Então logo à noite festa.
Mary: Podes crer Gustav. – Disse sentando-se ao colo dele.
Bill: Logo à noite meninas festa.


23h30 – Recepção do Hotel.
Kate: Estou farta sempre os mesmo ainda falam das mulheres.
Mary: Tens razão.
Kate: Eu tenho sempre razão MK.
Mary: Ai vem as nossas meninas de serviço. – Disse apontando para eles.
Georg: Desculpem mas a culpa foi dos gémeos.
Gustav: Nunca vi pessoas tão lentas.
Bill: Eu não achava a minha pulseira.
Tom: Nem o meu boné.
Mary: Coisas certamente úteis, para sair à noite. – Disse num tom sarcástico.
Kate: Não vês a pulseira têm GPS a menina não se pode perder e o boné é para não deixar as ratazanas fugirem naquele monte de cordas velhas.
Gustav: Estás inspirada.
Mary: Vamos e deixem a inspiração KM em paz.
Georg: Vamos.
Bill: Kate nós logo falamos.
Kate: Estás com medo de falar agora.
Tom: Simplesmente não queremos estragar a nossa noite.
Kate: Tretas!

24h00, Bar – Madrid.
Tom: Querem beber algo rapazes?
Kate: Espera eu vou lá.
Tom: Eu é que vou! – Disse empurrando-a fazendo-a sentar.
Mary: Parem com isso.
Gustav: Eu vou!
Mary: Eu vou contigo não suporto estas crianças.
Gustav: Ok. – Eles pediram o que queriam e eles dirigiram-se ao bar.
A noite foi animada com as discussões do Tom e da Kate com as interferências da Mary e dos outros.
Kate: Farta disto vou para Hotel.
Tom: Eu também mas sem ti.
Kate: Nem eu ia contigo vou com aquele rapaz vai me fazer companhia é tão querido.
Tom: E o que eu tenho haver com isso? – Disse num tom muito irritado.
Kate: A sério porque estás irritado.
Mary: Nem pensem em começar de novo.
Bill: Vamos mas é para Hotel.
Kate: Eu vou com a minha companhia. Adeus!

5h30, Quarto do Bill
Tom: Ai que nervos vou dormir sem companhia e aquela ali vai ter companhia.
Bill: Isso são nervos ou ciúmes.
Mary: Por incrível que pareça concordo com ele. – Disse não tirando os olhos do desenho que fazia.
Gustav: O que estás fazendo Mary?
Mary: A desenhar.
Georg: Não sabia que desenhavas. – Disse aproximando-se dela.
Tom: Deixa lá ver como desenhas. – Disse chegando-se mais perto para ver o desenho.
Bill: Esplêndido. Tens jeito miúda.
Mary: Falta me só acabar isto. – Deu um último retoque ao desenho. – Acabei!
Gustav: Isso é assustador pareces tu. Auto-retrato?
Tom: Não é a Kate, vê-se muito bem ela tem aquele sinal no pescoço.
Mary: Estou a ver que sabes muito pormenores da Kate.
Georg: Onde é que isso? Parece um quarto de hotel.
Gustav: Yeah! Ela está com uma cara assustada como lhe tivessem a fazer mal.
Mary: Isto é o meu quarto.
Tom: Estão a ver uma sombra masculina como eu.
Mary: Não! Isto vai acontecer agora. – Disse saltando do sofá.
Bill: Como sabes?
Mary: Eu desenho muitos desenhos da Kate. – Ouve-se um grito.
Tom: Ouviram isto?
Todos: Sim!
Tom: Vêm do quarto ao lado… - Fez se luz naquela mente perversa. – Kate!! – Correu até ao quarto dela. – Kate!! Abre a porta, Kate!! – Gritava ela enquanto batia na porta.
Kate: Tom! Ajuda-me. – Disse entre choro com uma voz rouca.
Tom: O que se passa? Abre-me a porta estou a ficar preocupado.
Kate: Ai!! – Ouviu-se o grito dela logo em seguida um estrondo. – Toom! – Gritou ela.
Tom: Kate!!!
Continua…

O que desenho tinha desenhado? O que se passará com a Kate? O que lhe vai acontecer? O Tom fará algo? Opiniões aceitam-se.
Comentem...
BJS

(made bye 'Leoa'Kapa')
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Laura @

avatar

Número de Mensagens : 894
Idade : 23
Localização : Viseu :3
Tokio Hotel preferido : Every single one :'D
Data de inscrição : 18/03/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Qua 20 Ago 2008, 10:07

AIIIIIIIIIII!
Mas?
O qe se passou?
O menino ta a fazer-lhe mal?
O Tom vai salva-la?
AIiiiiii não aguento mais!
Porfavor posta mais!
*.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://lafaespesoma.hi5.com
Vania_21

avatar

Número de Mensagens : 4466
Idade : 28
Localização : porto
Data de inscrição : 07/05/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Qua 20 Ago 2008, 14:04

OMG Shocked

O qe vai acontecer??

Qero saber!! Rápido please!

Kusses
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://vaniatv.hi5.com
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. ♥
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Dom 24 Ago 2008, 14:36

Isto lembra-me aquele filme do Disney Channel, o Twitches (ou lá como se escreve).
*sim, eu vi esse filme, não tinha nada para fazer. any problems? suck my dick. 8D*

more. ;D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
LeOaZiNhA_KaUlItZ

avatar

Número de Mensagens : 2678
Idade : 24
Localização : ao lado do TOM!
Tokio Hotel preferido : TOM!!!!!!
Data de inscrição : 28/05/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Dom 24 Ago 2008, 14:48

bigado meninas :DDD

e eu tambem vi esse filme Very Happy

desculpem a demora por isso hoje vao 3 capitulos pa voces se deliciarem (mas por cores i tal da muitotrabalho xDD)


Capitulo 9 - Beijo


*Tom: Kate!!!*
Rapaz: Cala-te! – Disse dando-lhe um murro fazendo com que ela sangrasse no do lábio.
Kate: Tom! Ajuda-me!
Mary: O que se passa?
Tom: Dá-me o teu cartão já!
Mary: Toma! – Passou-lhe o cartão para as mãos ele abriu a porta e correu para Kate que agora encontrava-se deitada em cima de a mesa partida.
Tom: Kate! Fala comigo. Mary chama a segurança do Hotel. – Ela fez o que lhe obedeceu mas ele fugiu antes da segurança aparecer.
Kate: Obrigado! – Disse entre lágrimas e numa voz rouca. – Tom eu não quero que eles me vejam assim.
Tom: Ok agora não chores. – Ele tirou a t-shirt que tinha vestida e vestiu-lhe.
As lágrimas dela corriam pelo rosto dorido dela, ela continuava agarrada ao Tom com muita força sem o largar.
Kate: Não me deixes sozinha.
Tom: Não te vou deixar sozinha. – Disse pondo os longos fios de cabelo para trás.
Bill: O que se passa? – Disse entrando dentro do quarto.
Saki: Precisam da alguma coisa?
Tom: Quero que trate da segurança delas.
Gustav: Kate o que se passou?
Kate: Tom leva me embora daqui! – Chorava ela.
[Tom: Ok. – Pegou nela ao colo e saiu. – Falamos logo.

6h15, Quarto do Tom
Tom: É melhor tomares um banho.
Kate: Mas eu não tenho roupa.
Tom: Vai tomar banho eu peço à Mary para trazer a tua roupa.
Kate: Mas entrega-me a tu não quero que ela me veja assim.
Tom: Ok. Eu não demoro.
Ela ligou agua deixoua banheira encher meteu os sais minerais e booble bath que o Tom tinha lá que fez bastante espuma, tirou-a a sua roupa meio rasgada e meteu-se lá dentro.

6h25, Quarto do Bill
Tom: Mano a Mary está ai?
Mary: Estou é que o meu quarto não ficou lá muito bem e o Bill cedeu-me o quarto dele e foi dormir no do Gustav.
Tom: Podes ir buscar roupa para Kate?
Mary: Claro! – Levantou-se e foi a uma das muitas malas que ali se encontravam. – Toma está dentro deste saco.
Tom: As tuas roupas aqui?
Mary: Com aquela confusão toda achei mudar tudo para cá.
Tom: Ok.

6h30. Quarto do Tom
Tom: Kate já tenho a tua roupa. – Disse batendo à porta da casa de banho.
Kate: Entra!
Tom: Tens a certeza
Kate: Tenho. – Ele entrou e lá estava ela deitada na banheira com aquela espuma que cobria a àgua.
Tom: Sentes bem? – Disse sentando-se.
Kate: Agora sim, obrigado por em ajudares. – Olhou seriamente para ele.
Tom: O que se passa?
Kate: Foste único membro do sexo masculino que me ajudou.
Tom: Porque dizes isso?
Kate: Não quero recordar disso agora?
Tom: Mas quem era aquele?
Kate: Não sei quando eu estava a fechar a porta chegou-se ao pé dela e abriu-me e depois começou-me a bater.
Tom: Mas ele não disse porque?
Kate: Não
Tom: Mas o que interessa é que estás bem. Tens a roupa no saco.
Kate: Obrigado! – Ele saiu deixando-a ali naquela banheira.
]De: Bill
Já sabes porque lhe fizeram aquilo?
De: Tom
Não mas tenciono saber.
De: Bill
Mas ela está bem?
De: Tom
Sim! Está a tomar banho. Falas-te com o Saki.
De: Bill
Sim ele está agora a investigar.
De: Tom
Ok. A segurança delas ele disse alguma coisa?
De: Bill
Elas agora vão ter seguranças é melhor não arriscar-mos mais.
De: Tom
Até já a Kate acabou de sair do banho.
De: Bill
Cuida dela.
De: Tom
Cuidarei. Adeus!

Kate: A falar com o Bill?
Tom: Como sabes.
Kate: Consigo adivinhar.
Tom: Precisas de alguma coisa?
Kate: Dormir!
Tom: Eu fico no sofá dormes na cama.
Kate: Nem penses, podes muito bem dormir na cama eu não sou gorda e tu também não.
Tom: Ok.
Deitaram-se ambos na cama, ela aconchegou-se no peito dele e adormeceu do cansaço, ele apenas ficava a olhar para enquanto lhe dava festas na cara acabando adormecer também.

17h00. Quarto do Gustav
Bill: Tenho novidades.
Mary: Conta.
Bill: Vamos embora no voo de hoje à noite para Alemanha.
Mary: Ok, já disses-te a Kate e ao Tom.
Bill: Não!
Gustav: Eles devem estar aparecer por ai.
Georg: Mas deixem nos estar a Kate precisa de estar só nem que seja com o Tom.
Mary: Tens razão.

17h30, Quarto do Tom
Kate: Tom! Onde é que estás? – Reparou que estava só naquela cama. – Deve ter ido ter com os outros, vou mas é refrescar-me.
Ela abriu a porta da casa-de-banho e não queria acreditar no que estava a ver aquele corpo ali debaixo daquela água que caia.
Kate: Desculpa!! – Disse tentando recuperar o fôlego.
Tom: Kate! – Puxou pela toalha e enrolou-a à volta da sua cintura. – Estás bem?
Kate: Não! – Disse enquanto tentava recuperar da imagem que tinha visto.
Tom: O que se passa? Precisas de alguma coisa? – Disse chegando-se perto dela.
Kate: De ti! – Ele estava colada a ela, ele podia sentir a respiração descontrolada dela, meteu a sua mão no queixo dela e fez com que olha-se nos seus olhos.
A sua respiração era partilhada , os seus lábios estavam encostados um ao outro. Ele passou com a sua língua no lábio dela a pedir autorização como se ela reafirma-se o que disse.
Ela reafirmou entreabrindo a sua boca deixando a língua dele explorar a boca dela pela primeira vez, as mãos dela tocavam naquelas costas molhadas e as mãos dele davam festas na cara dela.
Continua…

O que se passará a seguir? Opiniões aceitam-se. Acham que o próximo capitulo vai ser HOT?



Capitulo 10 - Envelope preto


*Ela reafirmou entreabrindo a sua boca deixando a língua dele explorar a boca dela pela primeira vez, as mãos dela tocavam naquelas costas molhadas e as mãos dele davam festas na cara dela.*
As mãos dele tinham deixado a cara dela para passar para as pernas dela ele agora podia sentir a pele suave dele.
Kate: Tom para!
Tom: Desculpa és virgem?
Kate: Yeah!
Tom: Desculpa eu não queria fazer nada do que tu não queres. – Disse beijando-lhe e retirando-o as suas mãos das pernas dela.
Kate: Estavas a falar disso. Sou Virgem de signo, agora do resto não. – Disse beijando-lhe o pescoço.
Tom: Vistes temos algo em comum fazes quando?
Kate: 31 de Agosto.
Tom: Um dia antes de mim a menina é mais velha do que eu um dia.
Kate: Claro bebé! – Ele beijava-lhe o pescoço as suas mãos tiravam-lhe a camisola dela que encontrou caminho no chão. – Tom para! Eu trabalho para ti.
Tom: O que isso tem haver?
Kate: Muito! Simplesmente se acontecer algo a nossa relação não vai dar.
Tom: Mas podemos sempre ser amigos.
Kate: Não! Tu ias-te acabar por apaixonar e eu não quero isso.
Tom: Eu não me apaixono por ninguém.
Kate: Não tenho a certeza disso.
Tom: Eu simplesmente não acredito no amor.
Kate: Tu não o encontras-te mas acreditas nele só queres negar.
Tom: Vá lá tu não trabalhar propriamente para mim. – Fez olhinhos de cachorrinho abandonado.
Kate: Se te apaixonares por mim não sabes o que te acontece.
Tom: Não te preocupes, só amigos que se divertem. – Ele encostou os seus lábios ao dela e mordeu o lábio ao qual ela respondeu entreabrindo a sua boca.
As mãos dele procuravam o fecho do soutien dela que encontrou e tirou-o, as mãos dele continuavam a procura e encontraram os calções dela que não resistir as mãos dele e tirou-os.
Os corpos deles estavam colados, os beijos dele pelo corpo dela provocavam-lhe prazer ao qual se ela quisesse resistir já não conseguia.
Tom: Já tomas-te banho hoje? – Disse enquanto lhe beijava a barriga dela.
Kate: Não!
Tom: Não seja por isso. – Pegou nela e levou-a para baixo do chuveiro a toalha dele retirada, as cuecas dela também ali com água quente com o seu vapor eles entregavam-se ao prazer um do outro.
Eles enrolaram-se em toalha, dirigiam-se agora para cama desfeita onde eles tinham dormido a noite passada.
Ela deitou-se naquela cama por fazer ele por cima dela retirou-a a toalha que cobria o corpo dela e beijou-o cada parte do corpo dela e as suas mãos sentiam a pele dela aquele gesto fazia ela gemer de prazer.
Ele dominava a situação num jogo de prazer cada vez que chegava a boca dela descia e recomeçava com os beijos, era sem duvida uma tentação para ela que queria volta a sentir a língua dele dentro da boca dela.
Ela agarrou-lhe as mãos e meteu-se por cima dele agora ela fazia o seu jogo de prazer com ele. Os jogos de ambos estavam a deixar cada um louco de desejos para poder descobrir-se um ao outro novamente.
Eles lá cederam ao desejo um do outro e entregaram-se ao prazer um do outro novamente.
As suas respirações, os seus batimentos cardíacos eram difíceis de controlar ou mesmo impossível, depois de muitas horas acabaram por cair na cama exaustos.

21h15, Recepção do Hotel
David: O Tom e a Kate?
Bill: Não os vejos desde daquela cena.
Mary: Secalhar devíamos ir chama-los.
David: Com vinha o avião é daqui a 2 horas e eles nada.
Gustav: Bill vai lá tu chama-los.
Bill: Porquê que tenho de ser eu?
Georg: Porque és tu e cala-te.
Bill: Eu vou, mas vou contrariado. – Disse fazendo beicinho.
Mary: Dá cá o cartão do quarto dele.
Bill: Ele retirou-me e todas as copias.
Mary: Ok temos de bater à porta. E tu vens comigo.
Bill: Tu dás me nervos.

21h20, Quarto do Tom
Mary: Tom, Kate abrem! – Disse enquanto batia na porta
Kate: Já vai!
Bill: Despachem-se temos um avião para apanhar.
Tom: O que? – Disse abrindo a porta.
Kate: Só me avisem agora.
Mary: Não te preocupes as tuas coisas já estão arrumadas.
Tom: Mas as minhas não.
Kate: Eu ajudo-te.
Bill: Nós esperamos lá em baixo, mas despachem-se.
Tom: Ok.

21h45. Recepção do Hotel
Tom: Chegamos!
David: Eu ainda gostava de saber porque que os meninos demoraram tanto tempo.
Kate: Adormecemos
Bill: Vamos!

22h00, Aeroporto
Kate: Preciso mesmo de dormir.
Mary: Mais?
Kate: Então dormir é um desporto.
Tom: Ela têm razão.
Bill: Eu ainda gostava saber o que vocês fizeram entre aquelas quatro paredes.
Kate: Dormir o que querias que fosse.
Gustav: Vindo do Tom dormir era algo que vocês não faziam.
Kate: Mas só dormimos.
Tom: Sabiam que a Kate é virgem?
Todos: O que? – Muitos espantados com o que ele acaba de dizer.
Tom: De signo.
Kate: Deixem lá a minha virgindade em paz e vamos para avião.

22h30. Avião
Hospedeira: Menina Kate?
Kate: Sim!
Hospedeira: Mandaram entregar isto. – Entregou-lhe um envelope preto.
Kate: Obrigado! – Disse pegando no envelope. – Mary também têm o teu nome.
Mary: Abre!
Ela abriu o envelope e viu o que estava lá dentro e ficou em choque.
Continua…

O que será que o envelope preto contem? Opiniões aceitam-se aqui.


Capitulo 11 - Pai biológico


*Ela abriu o envelope e viu o que estava lá dentro e ficou em choque.*
Kate: Isto é… - Disse ainda tentando recuperar o sue ritmo normal da respiração. – Uma foto minha quando era bebé e esta deves ser tu, olha a tatuagem. – Disse mostrando-lhe a foto.
Mary: Yeah! Sou eu eu tenho uma foto dessas anda sempre comigo não sei porque.
Kate: Eu também, deixa-me ver. – Procurou na mala e tirou a foto. – Aqui está a foto.
Mary: Tenho aqui a minha.
Kate: Espera tem mais. – Tirou do envelope uma carta. – Aqui está! Lês tu ou eu?
Mary: Tu!
Kate: Cá vai. Mary-Kate e Kate-Mary, eu sou o vosso pai biológico. Vocês devem-se ter apercebido que são parecidas mas não vocês são gémeas verdadeiras. Só isso vos posso dizer agora. Do vosso pai que vós ama. Ah!! – Gritou ela assustando os outros.
Mary: Ah! Gémeas? – Gritou também.
Tom: O avião está a cair. – Gritou em pânico.
Bill: Então o que foi? – Disse indo sentar-se ao pé das gémeas.
Kate: Somos gémeas.
Gustav: Já sabíamos.
Mary: Gémeas recebemos agora uma carta do nosso pai biológico.
Georg: Então nós tínhamos razão.
Kate: Ao que parece.
Tom: Menina Mary eu apanhei um estalo sem motivo acho que mereço um pedido desculpa. – Disse fazendo beicinho.
Mary: Não seja por isso! – Levantou-se, chegou-se ao pé dele e beijou-lhe no canto da boca.
Tom: Muito feliz agora.
Kate: Atiras-te assim a minha irmã, seu tarado. – Disse laçando-o com urso do Gustav.
Gustav: Hey o meu ursinho.
Kate: Desculpa! – Devolveu-lhe o urso.
Tom: Estás com ciúmes Kate?
Kate: Ciúmes de ti? Essa nova.
Bill: Ciúmes a Kate está com ciúmes.
Kate: Não eu não quero é a manipulas dele em cima da minha irmã.
Mary: Adoro-te KM.
Gustav: Então agora devem querer falar muito.
Mary e Kate: Podes crer.

00h45, Quarto das Gémeas
Tom: Então as maninhas são virgens.
Kate: Deixa lá a nossa virgindade em paz ou virgem.
Bill: Ele virgem, é possivel.
Kate: Concordo.
Gustav: Quando é que elas fazem aninhos.
Mary: 31 de Agosto.
Georg: Parece que o Gémeos continuam a ser mais novinhos.
Bill e Tom: Ei!
Mary: Georg deixa lá as crianças.
Tom: A menina Mary faz questão de respeitar os mais novos.
Kate: Mas tu não tinhas pais Mary?
Mary: Eu fui adoptada por isso não em estranho.
Gustav:Reages assim tão bem.
Mary: Porque não eles foram e serão sempre os meus pais.
Kate: Assim que é mana.
Georg: Vocês dão se tão bem e conhecem-se a tão pouco tempo.
Mary: Estás enganado.
Kate: Muito enganado estivemos 9 meses ou menos dentro da barriga da nossa mãe.
Tom: Vocês estão a reagir bem demais?
Kate: A vida é para ser aproveitada.
Mary: Meninos são 1h00 da manhã e eu quero dormir.
Kate: Pois.
Gustav: Meninos não nos vamos despedir delas à maneira Tokio Hotel.
Kate: Essa nova?
Mary: E não vou gostar. – Disse fazendo uma cara assustada.
Tom: Ready?
Bill: Há que tempos.
Kate: Ready?
Mary: Foge! – Fugiram ambas pelo quarto mas eram agora agarradas pelos 4 e deitas sanduíche (elas estão no meio e eles apertam nas).
Kate e Mary: AHHH!!
Georg: Adeus meninas!
Kate: Vou-me vingar.
Mary: Amanhã já não existirá Tokio Hotel.
Gustav: Amanhã? Malta ainda temos 23 horas de vida vamos aproveita-la?
Tom: Podes crer umas meninas era muito emocionante.
Mary: Pronto! Nós já percebemos agora rua.
Todos: Adeus! – Elas acenavam para eles.

5h00, Elevador do Hotel.
Bill: Gustav achas que eu sou feio?
Gustav: Andas-te a beber?
Bill: Não só sumo de laranja.
Gustav: Ok andas-te a beber, mas porque perguntas?
Bill: É que eles levaram duas bombas para cama.
Gustav: E?
Bill: E não, vou fazer birrinha. – Disse cruzando os braços à frente do seu peito.
Gustav: A tua cama que te ature. – Disse saindo dirigindo-se para o seu quarto.

9h00, Quarto das Gémeas.
Kate: Mary demoras muito?
Mary: Calma KM, não acho os meus ténis.
Kate: Lembras-te do planeado.
Mary: Acho que sim, matar Tokio Hotel.
Kate: Eles não sabem que os espera.
Mary: Podes crer.
Kate: Então já achas-te os ténis? – Disse nunca tirando os olhos do portátil.
Mary: Já!
Kate: Vamos? – Disse largando o portátil.
Mary: Claro! Tokio Hotel não sabe o que vos esperam.
Continua…

O que será que elas vão fazer aos Tokio Hotel? Opiniões aceitam-se.
Comentem...
JOKAS
(made by 'Leoa'Kapa')
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
NaNcY*.*kAuLiTz

avatar

Número de Mensagens : 779
Idade : 24
Localização : No coraçao do bill
Tokio Hotel preferido : BILLL!!!
Data de inscrição : 07/07/2008

MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   Dom 24 Ago 2008, 20:07

ja li estes tou a espera de capitulo 20 xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://x3-nancy.hi5.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Twins Soul = Cap. 28 e 29 (made by 'Leoa'Kapa')
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Riot - Immortal Soul
» Pedais Hand Made Star Dust
» Fender Jazz Bass Std Made In Mexico
» Ajuda em aquisição de Ampli Valvulado Hand Made (Marshall)
» Tagima Hand Made Brazil

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Português dos Tokio Hotel :: Inacabadas-
Ir para: