InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
Sathi Kaulitz

avatar

Número de Mensagens : 217
Idade : 23
Localização : Na escola...com o Bill!!
Tokio Hotel preferido : Bill Kaulitz
Data de inscrição : 08/02/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Qui 25 Jun 2009, 09:35

WOW *-*

Juro que chorei no final .. Juro juro juro

WOW .. tiipo o Bill .. eu tive pena dele ..mesjmO’ .. silent

TipO’ .. WOW ..ele fez mesjmO’ merda ..mas aii..ele gosta da Sam ..MESJMO ACERIO ! >.<
Vê-la comer o outro..deve ter sido .. fudido >.< Coiitado .. Sad

O flashback coisou-me –‘ por favor –‘ Kaulitz Kaulitz..nao mudes não, que não é perciso -_-

Não gosto da Amber .. alem de Amber ser um nome fútil ..tenho um karma com gajas com esse nome -_- | espero que não me exista Amber’s aqui no fórum =X |

Aiii tu posta-me maiss ..siinhééé ? E já que estamos de ferias..podes posta mais vezes , siinhééé ?

Kiss kiss

Ps: Fui ver o Myspace do gaja que mostraste .. UI UI *-* Se não me fosse gay –‘ Coisa desperdiçada –‘
Eu revolto-me contigo .. quero ir *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. &#9829;
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Qui 25 Jun 2009, 15:07

Sathi Kaulitz escreveu:
WOW *-*

Juro que chorei no final .. Juro juro juro

WOW .. tiipo o Bill .. eu tive pena dele ..mesjmO’ .. silent

TipO’ .. WOW ..ele fez mesjmO’ merda ..mas aii..ele gosta da Sam ..MESJMO ACERIO ! >.<
Vê-la comer o outro..deve ter sido .. fudido >.< Coiitado .. Sad

O flashback coisou-me –‘ por favor –‘ Kaulitz Kaulitz..nao mudes não, que não é perciso -_-

Não gosto da Amber .. alem de Amber ser um nome fútil ..tenho um karma com gajas com esse nome -_- | espero que não me exista Amber’s aqui no fórum =X |

Aiii tu posta-me maiss ..siinhééé ? E já que estamos de ferias..podes posta mais vezes , siinhééé ?

Kiss kiss

Ps: Fui ver o Myspace do gaja que mostraste .. UI UI *-* Se não me fosse gay –‘ Coisa desperdiçada –‘
Eu revolto-me contigo .. quero ir *-*
oi? eu sou tão má que até faço as pessoas chorar. *cries her eyes out*
mas o Bill é um mauzão, um hot mauzão. Twisted Evil

ai tens? :O eu escolhi esse nome por ser mesmo fútil, que era o que eu precisava. xD

eu só consigo postar quando tiver certezas do capítulo. Embarassed

o matthew é amazing. (8 e o namorado também. *tunz tunz*
boraaa. 8D

thankzz, <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
toki_girl *.*

avatar

Número de Mensagens : 307
Idade : 21
Tokio Hotel preferido : gustav
Data de inscrição : 12/03/2009

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Sex 26 Jun 2009, 14:43

amei amor^^ juro que sim...e tu a dizeres que estava mal...não esta nada amor^^a serio esta mesmo lindo...adorei...quero mais...quero mais mais mais ler...Very Happy
quando tiveres o proximo avisa meu anjo:D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. &#9829;
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Sab 27 Jun 2009, 13:02

toki_girl *.* escreveu:
amei amor^^ juro que sim...e tu a dizeres que estava mal...não esta nada amor^^a serio esta mesmo lindo...adorei...quero mais...quero mais mais mais ler...Very Happy
quando tiveres o proximo avisa meu anjo:D
se eu digo, é porque está. 8D
obrigada. ;]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
Náa

avatar

Número de Mensagens : 1766
Idade : 23
Localização : Quarto 483 com o Bill +.+
Tokio Hotel preferido : Bill Kaulitz
Data de inscrição : 09/11/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Sab 27 Jun 2009, 13:27

Cada vez gosto mais. Adorei esta ultima parte, mesmo! tá excelente!
Quero mais ^^ Tou ansiosa por saber o final
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.hi5.com/friend/profile/displaySameProfile.do?userid=9
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. &#9829;
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Dom 28 Jun 2009, 06:15

ToxicDoll escreveu:
Cada vez gosto mais. Adorei esta ultima parte, mesmo! tá excelente!
Quero mais ^^ Tou ansiosa por saber o final
ainda bem que gostaste. :]] o final é... *música de suspence*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. &#9829;
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Seg 29 Jun 2009, 09:29

boas tardes, boas tardes. :]


bem, para começar, eu estou muito insegura com este capítulo, pois ninguém o leu antes. so, peço desculpa pelos erros, frases mal estruturadas e afins. *hides*
depois, peço desculpa pela desculpa (oi?) do Tom, que já vão ver qual é. está estúpida, mas, como estou com a cabeça, não arranjei melhor.
e finalmente, peço desculpa por vos maçar tanto com isto. mas prometo que está a acabar. *everyone waves*

como todas vocês sabem, hoje é dia 29 de Junho de 2009, precisamente um ano depois do maravilhoso concerto dos tokio hotel e, para muita gente (incluindo eu), um dos melhores dias da nossa vida - senão o melhor mesmo. por isso, estou a morrer de saudades e estou bué lamechas e sensível.
mais... como também todas sabem... o michael jackson... R.I.P., 'cause you deserve it!
(e R.I.P., a senhora Ferrah...)

da próxima vez ouvirem falar de mim, eu vou estar num manicómio (no magalhães lemos, que é muito chique e tem a MEO). por isso vão lá fazer uma visitinha fofinha a mim. ;-;

e eu vou calar-me porque já pareço realmente demente.
hope you like the chapter yuck.
---


Mistake five:

She says, "I can help you, but what do you say?"
But it's not free baby, you'll have to pay.
You just keep me contemplating, that your soul is slowly fading.


Sentei-me numa mesa de plástico da esplanada a sorver uma Coca-Cola vagarosamente. Retirei o telemóvel do bolso das jeans azuis empalidecidas e respondi às mensagens de Matt e de Brian.
Claro que tinha pedido milhares de desculpas a Matt pelo que tinha acontecido na noite de sábado. Ele desculpou-me, obviamente. O meu estado era lastimável e se eu notasse apenas uma partícula de hesitação na sua cara, ia-me abaixo. Senti-me fraca.
Brian foi o meu porto de abrigo, ele conseguiu pôr-me um sorriso no rosto e esteve comigo todos os minutos. Óbvio que não podia entrar neste reino. Mesmo assim, continuava a contactar-me pelas ditas mensagens e a certificar-se que eu me encontrava bem.
Estava tudo a compor-se. Consegui trancar a maior parte das memórias que se soltaram e prometi a mim mesma que iria adquirir uma atitude severa em relação a Bill.

Era quinta-feira. Os dias anteriores tinham corrido muito bem, visto que não havia visto o rosto dele à minha frente. Acho que faltou, mas tanto me fez.

Levantei-me da cadeira – e a mesa foi logo ocupada por um grupo de pseudo punks – e dirigi-me até atrás do ginásio. Lá, encostei-me a uma parede e retirei um maço de tabaco da minha mala. Peguei num cigarro e coloquei-o na boca, acendendo-o de seguida com o isqueiro. Pus o maço novamente no sítio. Comecei a tragar o cigarro e suspirei. Não tinha por hábito fumar, mas ia ter História daqui a nada e precisava de ir relaxada.
Os pássaros chilreavam livremente nos ramos das árvores acima de mim e eu senti uma breve inveja deles. Como era bom poder voar para onde se quisesse, quando se quisesse e só voltar ao ninho quando nos apetecesse. Conseguir saborear o oxigénio a entrar no nosso peito, lá, no profundo céu e viver na ignorância dos pecados da sociedade.
Mas como não era um pássaro, tinha de contentar-me com o que podia, na terra.

- Ela está aqui! – escutei uma voz masculina na esquina do pavilhão. Ela? Ela quem? Só estava eu ali. Eu e os pássaros, claro. Mas… eu? Era de mim que o estranho se referia? A adrenalina pulsou nas minhas veias.
Ouvi uns passos. Um grupo de pessoas.
Vi uma cabeleira loira na esquina. Amber. E vinha com mais quatro… sete… oito pessoas. Quatro rapazes e cinco raparigas, ao todo e a contar com ela. Começo seriamente a pensar que há alguém lá em cima que nutre alguma espécie de rancor por mim. Que mal fiz eu agora? Será que não se pode ter sossego nesta escola? Que porra de loira estúpida e mesquinha.
- Ora, que bom ver-te, Samantha.
- Poupa-me, Amber. Quê que tu e os teus desejam? Que eu saia daqui quando têm todo este espaço disponível para o vosso belo prazer? –
ri-me sarcasticamente. Olhei para os membros daquela espécie de gang, nenhum sinal de Bill ou Tom.
- Por acaso não. Viemos pedir-te uma coisa – aclarou a voz “Por favor, Bill, larga-me! Por favor! Ó, por favor. Eu caio, eu caio!”. zombou ela. Ele contou-lhe! Eu sabia que corria esse risco, mas fora ele quem me beijara e fora ele que pedira para falar comigo e quem me disse aquelas coisas… Não queria acreditar, não estava cem por cento mentalizada com isso. Falta de preparação, não reajo da mesma maneira que reagia se estivesse preparada.
Fui alvo de uma chapada não muito forte, ou talvez fora bastante mas eu não senti por causa da chapada interior que eu havia levado. Outra chapada na outra face. Não, não era muito forte mesmo.
- Tu não me bates, sua puta! – rosnei para Amber e projectei-me para ela, sendo parada pelos braços fortes de um dos seus capangas. – Cobarde!
- Cala-te, vaca! –
pejorou o rapaz que me agarrou.
- E isto é por beijares o meu Bill! – frisou a palavra “meu”. Ah! Mas agora fui eu que o beijei? Deu-me mais um estalo. Eu mexi-me e remexi-me nos braços do gorila que me agarrava até que me consegui soltar e dar uma grande estalada a Amber.
Ia a preparar-me para lhe dar um murro quando um outro indivíduo atirou-se para mim e deu-me um soco na zona ocular, quase ao pé da têmpora. Doeu tanto! Embati contra a parede e caí no chão. Amber começou a pontapear-me o corpo e eu lembrei-me de que tinha pensado que seria o Rei a fazer isso. Boa hora para humor negro!
- Vaca é a tua mãe, ó engraçadinho. E, Amber, o teu – frisei “teu”. – Bill tem de te contar a história certa. Não fui eu que o beijei, babe. – disse com dificuldade e bastante sarcasmo à mistura. Sabia que estava a piorar a minha situação, mas não quis saber. Que mais me podia acontecer?
Senti uma pontada na perna. Outro pontapé. O lábio a ser roto. Outro murro. Ouvia os risos histéricos do resto do grupinho. De repente, oiço uns passos velozes.
- Amber, Amber. – chamou, passando pela multidão. Quando chegou perto da rapariga por quem chamava, olhou-a e continuou. – Não acreditas no que… - reparou em mim, imóvel no chão e com a cara num estado penoso. – Quê que se passa aqui?! – eu tentava arranjar força para me mover dali enquanto podia, no entanto, estava difícil. Tinha a cabeça à roda. Bill ficou mais imóvel que eu e empalideceu. Parecia um fantasma.

Senti alguma coisa a vibrar no meu bolso. Uma vibração contínua e interminável. O meu telemóvel. Com cuidado, pus a minha mão dentro do bolso e retirei o telemóvel. No ecrã, pude ler que Brian estava a chamar-me. Atendi e, muito debilmente, disse:
- Vem-me buscar, por favor. - ouvi as interjeições e o alvoroço de Brian, que não percebia o que se passava, mas não tive tempo de responder, pois, seguidamente, ouvi uma voz longínqua.
- Bill! Bill! Está aí o Bill? Bazem, meus! – Tom estava impaciente, caminhando até chegar ao pé de Bill e, consequentemente, de mim. – Mas que merda é esta? – perguntou, enraivecido. – Foste tu, Bill?! Foste, não foste? Claro que foste! Que hipócrita de merda que tu me saíste! – não percebi porquê que ele estava a insultar o irmão e, muito menos, por que estava a defender-me.
Senti umas mãos frias nos meus braços que me ergueram cautelosamente sem qualquer problema. Tom lançou um dos meus braços pelo seu pescoço e pegou-me pela cintura.
- Consegues andar? – acenei com a cabeça. A adrenalina continuava a correr dentro de mim, o que, agora na vertical, me dava forças para isso.
- Idiota é um eufemismo para ti. – vomitei as palavras para Bill.

Tom carregou com parte do meu peso até à enfermaria da escola para que me pudessem tratar o lábio gretado e o olho, ou um pouco mais acima, – que era onde me doía – a sobrancelha. Sentou-me na única cama que existia lá.
A funcionária pareceu um bocado chocada com a minha aparência. Perguntou o que aconteceu e como era possível que uma aluna fosse ferida dentro do recinto escolar, ao que Tom respondeu que não lhe interessava e para me limpar o golpe. Ela assim o fez. Aniquilou o pouco sangue que estava em volta do lábio, desinfectou com um bocado de betadine e deixou ao ar livre. Prometeu que o ferimento iria cicatrizar rapidamente e começou a limpar a sobrancelha da mesma maneira anteriormente realizada. Proferiu que o inchaço não iria demorar muito a desaparecer, assim como o pisado. Eu bufei. Era só o que mais me faltava, andar com um olho pisado e com um lábio rebentado. Ela disse que não estava assim muito negro, só um pouco em baixo, e Tom apoiou-a, mas eu não acreditei neles. Sentia-me com a cara toda esmurrada. E ainda não tinha visto o resto do corpo!
Subitamente, lembrei-me da dor que tinha no abdómen e queixei-me, colocando lá a mão. Levantei ligeiramente a camisola suja e vi uma nódoa negra na minha pele não muito morena. A enfermeira ficou de novo alarmada e analisou a nódoa. Depois suspirou de alívio e referiu que era apenas uma contusão superficial e deu-me gelo enrolado numa toalha para pôr em cima.
Durante este tempo todo – meia hora, talvez –, Tom fitou-me céptico e não disse nada de relevante, que era o que eu desejava saber. Por isso, instiguei-o.
- Porquê?
- O Bill contou-me a verdade. –
sentou-se a meu lado. – Desculpa, Sammy. – podia jurar que Tom Kaulitz se estava a controlar para não chorar. – Eu pensei que podia confiar no meu irmão e tu sabes que eu o faço cegamente. Ainda para mais, nos últimos tempos antes de termos deixado de falar, agiste estranhamente – e só agora percebo porquê –, o que me fez acreditar mais no parvo do Bill. Sabes, ele disse-me que tu tinhas dito os nossos segredos a toda a gente na escola e que gozavas com a nossa cara todos os dias. Também enunciou que tu nos insultavas todos os dias e como eu tinha ouvido a vossa discussão… tu chamaste-o cabrão e eu pensei… Claro que eu depois soube que tu não tinhas feito a primeira parte do que ele disse, senão, como seriamos assim tão populares? Eu sabia, mas depois achei que tu estavas demasiado zangada para me aceitar de volta… Oh, Sammy, estraguei tudo, não foi? Ainda mais por uma mentira tão imbecil como esta… Apesar de nunca te ter insultado ou gozado de ti, e de ter dado bastantes cascudos ao Bill por te fazer isso, eu estraguei tudo! Eu ia dizer-lhe que ia falar contigo hoje ao fim da tarde e que te ia pedir desculpas por estes anos todos, quando te encontrei naquele estado deplorável causado pela mão do meu próprio gémeo…
- Não foi o Bill a fazer-me isto. Pelo menos, ele não me encostou a mão, só chegou uns segundos antes de ti. –
interrompi-o. Os Kaulitz quando começavam a falar, não se calavam. Ainda mais quando era um pedido de desculpas sentido, ou a debater com os professores, mas isso não era o caso.
Ele estacou, boquiaberto. Fechei-lhe a boca delicadamente.
- Então porquê que ele ficou ali, somente, sem fazer nada? – falava lentamente.
- Sei lá. Petrificou. – encolhi os ombros. Era verdade, não sabia porquê que ele tinha reagido assim. O Rei normal teria pontapeado o meu corpo juntamente com a sua cortesã e o Bill antigo teria partido as trombas de quem estivesse naquela rodinha viciosa. Este Bill não fez rigorosamente nada, apenas quedou-se com um rosto horrorizado… imóvel.
Olhei confusa para Tom, que também me olhava da mesma maneira. De repente, arremessou-se para mim, abraçando-me. Um abraço forte e deveras vivido. Eu abracei-lhe de volta. Ele pôs o rosto no meu pescoço. Tom não tinha culpa, os seus actos malvados foram consumados pela sua própria inocência e eu não podia culpabiliza-lo por isso. Pois não?

Brian ligou-me novamente e eu atendi, podendo falar mais claramente, agora. Referi que lhe contava tudo depois, porque agora só queria ir para casa. Ele disse que dentro de quinze minutos chegava aqui. Eu agradeci-lhe e desliguei a chamada. Durante este processo, Tom permaneceu silencioso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. &#9829;
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Seg 29 Jun 2009, 09:29

(continuação do mistake five.)

Um som violento fez-nos sobressaltar. Separamo-nos, mas Tom pôs o braço nos meus ombros e puxou-me a cabeça. Depositou um pequeno beijo na minha testa. Aquilo ainda me era estranho.
O leão negro apareceu pela porta. A sua respiração estava ofegante. Respirou fundo e correu até nós, pegando-me na mão.
- Estás bem? – perguntou. Eu deslizei a minha mão, tirando-a da dele.
- Sim, ela está bem. Mas não graça a ti, idiota. Qual é a tua de veres aquilo e não fazeres nada?! – Tom exaltou-se. Eu pedi-lhe calma, afinal, estávamos na enfermaria e a dona daquilo estava a uma porta de distância.
- Eu… eu… não fui eu, Tommy. - detinha um tom débil.
- Tu, tu, tu! Tu és um palhaço que anda por aí à custa do sofrimento dos outros, ok? Nos últimos anos só fizeste merda. E eu, feito estúpido, aceitei isso. Foda-se, Bill! Eu não fazia ideia do que tu eras capaz de fazer à Samantha. Logo à única pessoa que esteve connosco nas situações mais difíceis que passamos e que nunca pediu nada em troca! Compreendes o quão idiota és? Às vezes não sei como é que posso ser teu irmão. Podes não ter sido tu agora, mas imagino as vezes que lhe atazanaste o juízo. – o gémeo loiro estava cada vez mais colérico e eu estava cada vez mais fraca. Não suportava ouvi-los discutir, sempre fora assim, e agora não era excepção. Bill estava sem reacção perante aquelas palavras e tinha a vista dificultada pelas lágrimas que ameaçavam cair a qualquer instante.
- Eu sei… eu sei disso. Pensas que não? Podes achar que eu sou o maior cabrão de todos por saber o que faço de mal, e a quem faço, mas mesmo assim continuar a fazer a mesma merda, porque eu também o acho. Pelo menos agora acho. Sou um cabrão? Sim! Estou arrependido? Bem, se o arrependimento matasse estavas agora no meu funeral. Por favor, não te zangues comigo. – Bill chorava, o que dificultou o seu discurso. Tom era tudo para Bill. Via-se que ele estava a ser mesmo sincero. Mesmo assim…
- Não me zango contigo?! Tu mentiste-me, Bill! E o pior é que eu nem sei se foi só desta vez.
- Por favor, PAREM! –
gritei. – Por favor. – comecei a soluçar e a esvair-me em lágrimas. Tom agarrou-me mais.
- Deixa-me falar com ela. – pediu Bill a Tom, hesitante.
- Fala, mas eu não saio daqui. – dei graças a Deus por isto. A última coisa que queria era estar sozinha com Bill. Não agora. Bill ia começar a falar, mas foi detido por Tom. – E ponto final. – firmou.
- Desculpa, ok? – dirigia-se a mim. - Desculpa tudo o que te fiz passar, desculpa-me. Queres que te diga o que me ia na cabeça? Se eu fizesse isto e aquilo ia ter popularidade, ia ter amor falso de pessoas falsas, ia ter o meu irmão comigo e ia ter-te a ti sempre que quisesse. Estúpido, eu sei, mas real. Pensei assim e pensei muito mal. Quando percebi que te podia perder para sempre, se é que já não perdi, comecei a ficar preocupado e a tentar que tu ficasses mais presa em mim. Podes perguntar ao Tom. – olhei para ele e acenou-me com a cabeça. – Estas últimas semanas foram o remate de um jogo que eu quis realizar contigo, para te prender. A ti e ao que restava de mim, mesmo não o querendo admitir. Por isso, tudo o que te disse sobre os meus sentimentos é verdade. Mas não penses que foi tudo planeado ponto por ponto. Eu só tinha planeado os espaços das jogadas, como o parque ou a discoteca – tenho muitas possibilidades de saber onde vais e com quem vais, mas não te preocupes que não foi nenhum dos teus amigos. Não planeei o beijo, aconteceu apenas. E fica a saber que não me arrependo disso. Já… beijei muitas raparigas, mas nunca senti nada. Contigo foi diferente, ok? Eu sabia que seria. E não contei nada à Amber, ela seguiu-nos e viu. – aproximou-se de mim. Tom retesou-se. Bill pôs a mão na minha face e limpou as minhas lágrimas. Eu fechei os olhos, num movimento involuntário. – Percebo se não me perdoares. – desfechei-os.

A porta da enfermaria foi outra vez aberta rudemente, provocando um estalido assustador. Consegui ouvir a enfermeira a queixar-se e uma voz conhecida a chamar por mim. A voz que eu mais queria ouvir neste momento, a voz de Brian Smith.

- Eu… tenho de… pensar… Não consigo… - hesitava em cada palavra. Por fim, não consegui encará-los mais e corri para Brian, que me recebeu de braços abertos e me ajudou a fugir daquele local, como uma cobarde, para o conforto do meu T1.

E assim, o inteiro reino foi abaixo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
catz.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 4511
Idade : 22
Localização : candyland.
Tokio Hotel preferido : georg e tom.
Data de inscrição : 20/08/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Seg 29 Jun 2009, 09:41

Okaay , WOW .
Estou chocadíssima com a maneira como escreves .
Eu já tinha lido , mas este capítulo varreu . Tanto , ou mais que os outros .

whatever , tenho uma certa pena do Bill . Mas só um bocadinho .
Quero mais .

E desculpa a porcaria de comentário .

Amo-te ,@

_________________

love is just love, it can never be explained.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. &#9829;
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Seg 29 Jun 2009, 09:44

- Catarina escreveu:
Okaay , WOW .
Estou chocadíssima com a maneira como escreves .
Eu já tinha lido , mas este capítulo varreu . Tanto , ou mais que os outros .

whatever , tenho uma certa pena do Bill . Mas só um bocadinho .
Quero mais .

E desculpa a porcaria de comentário .

Amo-te ,@
não me digas isso, catarina maria. eu estou tipo, vermelha. |m|
obrigada meu amor. :] estás sempre aqui. *-*

não tenhas, ele é mauzinho. Cool *vá, só um bocado*
amo-te. <3

(porcaria nada)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
jessica billa

avatar

Número de Mensagens : 6233
Idade : 24
Localização : rio maior
Tokio Hotel preferido : todos :D
Data de inscrição : 01/09/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Seg 29 Jun 2009, 09:59

opá.
devia ter dito que o perdoava :c
era tão lindo Neutral
sempre a surpreender mary anne : D

tadito do Bill, se o tom me disse-se isto morria :O
mas ele merecia.

o Bill vai voltar ao que era Cool

não quero que isto acabe depressa :O, mas por um lado estou toda curiosa para com o final. ai
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jessicassmartinho.hi5.com
Vania_21

avatar

Número de Mensagens : 4466
Idade : 28
Localização : porto
Data de inscrição : 07/05/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Seg 29 Jun 2009, 10:53

Amei mesmo este capitulo. +.+
A Amber é uma p.u.t.a *unf*
O Tom foi um amor e o Bill..olha o Bill mereceu tudo o que ouviu.

Já agora,se dizes que este capitulo nao está nada de especial,imagino como será um capitulo que tu digas que está bom (ok nao imagino,porque este ja está tao bom +.+)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://vaniatv.hi5.com
*TH*Girl

avatar

Número de Mensagens : 4370
Idade : 23
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 23/08/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Seg 29 Jun 2009, 11:34

Wow.
Mais. (:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Seg 29 Jun 2009, 11:53

Bem... What can I say?!
ADOROOOOO!
Juro-te está brutal, mesmo! Quero muito saber o fim, mas tens de nos prometer que depois voltas com uma nova fic (:

Posta assim que puderes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Joana Freire

avatar

Número de Mensagens : 2490
Idade : 20
Localização : Lisbon. :c
Tokio Hotel preferido : Tom. &amp;amp;amp;lt;3
Data de inscrição : 21/10/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Seg 29 Jun 2009, 12:26

CrazyFreak escreveu:
Bem... What can I say?!
ADOROOOOO!
Juro-te está brutal, mesmo! Quero muito saber o fim, mas tens de nos prometer que depois voltas com uma nova fic (:

Posta assim que puderes.

Tiraste-me as palavras de boca . (a')


_________________
There's always gonna be another mountain
I'm always gonna wanna make it move
Always gonna be an uphill battle
Sometimes I'm gonna have to lose
Ain't about how fast I get there
Ain't about what's waiting on the other side
It's the climb


Amo-te <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. &#9829;
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Seg 29 Jun 2009, 13:15

jessica billa escreveu:
opá.
devia ter dito que o perdoava :c
era tão lindo Neutral
sempre a surpreender mary anne : D

tadito do Bill, se o tom me disse-se isto morria :O
mas ele merecia.

o Bill vai voltar ao que era Cool

não quero que isto acabe depressa :O, mas por um lado estou toda curiosa para com o final. ai
mas ela também é má. (8
*estou a brincar, a minha sammyzinha é muito boazinha e fofinha e não faz mal a uma mosca. ;-; mas a duas já faz. 8D*

o final é tipo... caca. 8D srlsy, não gosto nada. u_u

Vania_21 escreveu:
Amei mesmo este capitulo. +.+
A Amber é uma p.u.t.a *unf*
O Tom foi um amor e o Bill..olha o Bill mereceu tudo o que ouviu.

Já agora,se dizes que este capitulo nao está nada de especial,imagino como será um capitulo que tu digas que está bom (ok nao imagino,porque este ja está tao bom +.+)
yeah, eu odeio a Amber. *-* ela tem mesmo aquele arzinho de cocó e que não parte uma unha e coise. *-* é horrível. *-*
o tom é sempre um amor. 8D *excepto quando anda a lambuzar-se com chantilly, perceberam? xD*
aii. :'$

*TH*Girl escreveu:
Wow.
Mais. (:
sure. What a Face

CrazyFreak escreveu:
Bem... What can I say?!
ADOROOOOO!
Juro-te está brutal, mesmo! Quero muito saber o fim, mas tens de nos prometer que depois voltas com uma nova fic (:

Posta assim que puderes.
omg. *-*
hum, eu tenho umas ideias para uma nova fic... mas coise, até as passar para "papel". blah.

JoanaRulla 8D escreveu:
CrazyFreak escreveu:
Bem... What can I say?!
ADOROOOOO!
Juro-te está brutal, mesmo! Quero muito saber o fim, mas tens de nos prometer que depois voltas com uma nova fic (:

Posta assim que puderes.

Tiraste-me as palavras de boca . (a')


_________________
There's always gonna be another mountain
I'm always gonna wanna make it move
Always gonna be an uphill battle
Sometimes I'm gonna have to lose
Ain't about how fast I get there
Ain't about what's waiting on the other side
It's the climb


Amo-te <3
yay. What a Face
xD

OMG, estou mesmo demente! obrigada a todaaaaaaaaas. <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
Sathi Kaulitz

avatar

Número de Mensagens : 217
Idade : 23
Localização : Na escola...com o Bill!!
Tokio Hotel preferido : Bill Kaulitz
Data de inscrição : 08/02/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Seg 29 Jun 2009, 15:17

Tou chocada O.O

CABRA DA AMBER GRRRR QUE ODIO Chatiado

Besta --'

Coitada da Sam ...

Odeio quando uma gaja quer bater noutra..e percisa SEMPRE de um gang --' *já me aconteceu e nao é propriamente agradavel --'*

Ohh *-* os pedidos de desculpa dos gemeos *-*

A SAM TEM QUE ACEITAR.. parecem taooo verdadeiros naquilo que dizem .. >;3

Santo Brian


MAISSSS

BeijinhO'
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. &#9829;
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Seg 29 Jun 2009, 16:13

Sathi Kaulitz escreveu:
Tou chocada O.O

CABRA DA AMBER GRRRR QUE ODIO Chatiado

Besta --'

Coitada da Sam ...

Odeio quando uma gaja quer bater noutra..e percisa SEMPRE de um gang --' *já me aconteceu e nao é propriamente agradavel --'*

Ohh *-* os pedidos de desculpa dos gemeos *-*

A SAM TEM QUE ACEITAR.. parecem taooo verdadeiros naquilo que dizem .. >;3

Santo Brian


MAISSSS

BeijinhO'
sim. mas quem faz isso é cobarde. --, e a todas as amberzinhas que por aí estiverem, vão dar uma voltinha fofinha, sim? *-*

os kaulitz são bons actores. (8 *okay, estou a brincar. o_o*

beijinho & obrigada. Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
LeOaZiNhA_KaUlItZ

avatar

Número de Mensagens : 2678
Idade : 24
Localização : ao lado do TOM!
Tokio Hotel preferido : TOM!!!!!!
Data de inscrição : 28/05/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Ter 30 Jun 2009, 09:25

só agora é que tive tempo de vir ler SORRY T_T

e tenho que dizer que está L-I-N-D-A mesmo!

coitada da Sammy!

quero mais!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. &#9829;
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Ter 30 Jun 2009, 09:38

LeOaZiNhA_KaUlItZ escreveu:
só agora é que tive tempo de vir ler SORRY T_T

e tenho que dizer que está L-I-N-D-A mesmo!

coitada da Sammy!

quero mais!!
that's ok. *-* muito obrigada. *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
jessica billa

avatar

Número de Mensagens : 6233
Idade : 24
Localização : rio maior
Tokio Hotel preferido : todos :D
Data de inscrição : 01/09/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Ter 30 Jun 2009, 09:45

estou tão curiosa, mas TÃÃÃÃO curiosa que nem sabes :c

sê rápida mulher.
por acaso já alguém morreu de curiosidade?xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jessicassmartinho.hi5.com
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. &#9829;
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Ter 30 Jun 2009, 10:05

jessica billa escreveu:
estou tão curiosa, mas TÃÃÃÃO curiosa que nem sabes :c

sê rápida mulher.
por acaso já alguém morreu de curiosidade?xD
ow, que fofinha. *-*
*mariana vai a correr e abraça a jéssica*

beem, talvez poste amanhã ou depois de amanhã, ok? :]

(morreu! o gato! xD)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
jessica billa

avatar

Número de Mensagens : 6233
Idade : 24
Localização : rio maior
Tokio Hotel preferido : todos :D
Data de inscrição : 01/09/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Ter 30 Jun 2009, 11:30

mary anne. escreveu:
jessica billa escreveu:
estou tão curiosa, mas TÃÃÃÃO curiosa que nem sabes :c

sê rápida mulher.
por acaso já alguém morreu de curiosidade?xD
ow, que fofinha. *-*
*mariana vai a correr e abraça a jéssica*

beem, talvez poste amanhã ou depois de amanhã, ok? :]

(morreu! o gato! xD)

sim sim Carneirinho
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://jessicassmartinho.hi5.com
mary anne.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 2606
Idade : 23
Localização : under ur bed
Tokio Hotel preferido : music. &#9829;
Data de inscrição : 08/03/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Qui 02 Jul 2009, 13:55

BOAS TARDEZINHAS. ^-^

aqui a mariana fofinha está muito contente porque teve um dia repleto de sol e mar (e comboios/autocarros/metros). yeah, fui à praia, o que me animou. 8D e me deixou mais demente do que já estou.
bem, falando no capítulo... É O PENÚLTIMOOOOO. sim, é mesmo o penúnltimo, está quase, quase a acabar. ou seja, não vão ser mais incomodadas pela trenga da mariana e da fic da mariana. *-*
e pronto, nada a dizer sobre o capítulo propriamente dito. mas está uma treta e tipo, bué pequeno. mas não há de ser nada. |m|
au revoir, mes amours. <3
---


Mistake six:

God don't you know I live with a ton of regret?
'Cause I used to move you in a way that you've never known,
But then I accused you in a way that you've never know,
But you hurt me in a way that I've never known...


Passou uma semana certinha desde o confronto na enfermaria. Uma semana certinha passada em casa a ver televisão e a comer compulsivamente, o que é um pouco estranho, dado que as pessoas costumam perder o apetite quando se sentem deprimidas. Eu não, eu como. Procuro as soluções no fundo de um pacote de bolachas. É melhor do que procurá-las num estômago vazio!

As férias de Verão vieram mesmo a calhar. Faltei no último dia de aulas, claro, mas isso não faz diferença nenhuma. Tive uma boa despedida, não haja dúvida. É a nova forma de obter uma dor de cabeça descomunal todos os dias. Bastante eficaz.
As dores deveram-se ao facto de eu estar sempre a pensar nas palavras proferidas por Bill e por Tom, obviamente. Eu sei que não devia, mas já não me consigo controlar como antes. Penso, penso e repenso, mas não chego a um consenso, por isso, possuo um pacote de fármacos calmantes dentro da mesinha de cabeceira. Já estão pela metade e eu já estou mais zombie que humana.

Não cheguei sequer a abrir as persianas. Nem mesmo as tentativas de Brian e dos outros para me persuadir resultaram. Não quero Sol nem quero ar livre. Se a minha casa fosse uma gruta, eu era considerada uma eremita.

Todas as noites sonhava com uma memória qualquer e todos os dias acordava num pranto horrível. Que martírio. Não consigo dormir direito e fico rabugenta, afastando os poucos que vêm cá. Claro que eles compreendem a minha situação - não muito grave - e voltam sempre com Brian, mas eu estou a ser cabra e isso é que é irremissível.

Por falar em irremissível, tenho dado uma atenção especial ao último pedido de desculpas de Bill. Não sei que fazer. Quero tanto perdoá-lo, mas como é que eu posso perdoar anos de traição? Será que ele o faria, se fosse ao contrário?
Não, nunca seria ao contrário. Eu nunca faria o que ele me fez. Mas… há sempre um “mas”.
Além disso, uma cortina de ferro caiu sobre o reino. Bill e Tom perderam o trono por deslealdade e, sem Rei, não há reino. Acabou. Não sei se elegeram outro Rei, mas não me parece. Os gémeos têm muito poder, apesar de tudo. Não mandam naquele, mas podem simplesmente mandar noutro.

- Não planeei o beijo, aconteceu apenas. E fica a saber que não me arrependo disso. Já… beijei muitas raparigas, mas nunca senti nada. Contigo foi diferente, ok? Eu sabia que seria.
Será que ele realmente sentiu isto? “Ugh, cala-te Samantha!”. Parece que o meu subconsciente é que manda no consciente. O que é uma treta.

Dores de cabeça!
- Onde raios está o comprimido? – remexo na gaveta. Encontrei! Pu-lo na língua e sorvi um pouco de água, para o ajudar a descer.
Senti o telemóvel a vibrar no bolso das calças de ganga largas. Tirei-o imediatamente e olhei para o ecrã. Era um número que eu não conhecia. Atendi, curiosa.
- Sim? – perguntei. Ouvi uma respiração acelerada.
- Sammy? – reconheci a voz de Tom, que parecia preocupado. – Sam! Tenho de falar contigo, pessoalmente. Por favor.Demorei um bocado a responder. Não sabia o que dizer e o que me saiu não foi o mais correcto, de alguma forma.
- Podes vir ter aqui? – perguntei hesitante. Apesar de tudo, não me apetecia sair de casa. Ele disse que sim e eu dei-lhe a morada. – Mas o que aconteceu?
- O Bill desapareceu. – e desligou a chamada.
_____________________________________________________________

Dez minutos depois, a campainha soou e eu fui abrir a porta. Vi um Tom frágil e de olhos exageradamente vermelhos. Quando o seu olhar cabisbaixo se ergueu, abraçou-me e começou a esvair-se num pranto ainda mais descomunal que o meu.
- Nos últimos dias nós… discutimos, exaltamo-nos… e ele foi-se embora. Por favor, ajuda-me Sammy. Ajuda-me a encontrá-lo. – era notório o sofrimento do rapaz das rastas loiras. Partia-me o coração vê-lo assim. E saber que Bill tinha desaparecido… merda. – Fartei-me de lhe telefonar e mandar mensagens até que ele me respondeu a uma delas. Ele disse que tu sabias onde encontrá-lo, Sammy, tu sabes! Ele quer que sejas tu a encontrá-lo. Por favor. – afaguei-lhe a nuca. Claro que eu o iria ajudar. Isto é uma das coisas que eu não consigo controlar.
Eu sabia, sim, onde encontrar Bill. Era o único segredo que Tom não sabia, era o nosso pequeno segredo. E sabia-o porque, sempre que Bill se sentia desanimado ou precisava de se isolar do mundo, possuía um certo local onde se esconder. Ele e eu.
- Tom, dá-me as chaves do teu carro. – ele deu-mas. Entrelacei os meus dedos com os dele. – Vamos buscar o teu irmão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://popthatglock.blogspot.com
catz.
Moderadores
Moderadores
avatar

Número de Mensagens : 4511
Idade : 22
Localização : candyland.
Tokio Hotel preferido : georg e tom.
Data de inscrição : 20/08/2008

MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   Qui 02 Jul 2009, 14:04

Omg ;-;
Eu nem quero acreditar que é o penúltimo capítulo ...
PROMETE-ME MARIANA , PROMETE-ME QUE POSTAS UMA NOVA FIC .

Como sempre , o capítulo está simplesmente único á sua maneira . Completamente viciante . Completamente perfeito .
A tua maneira de escrever , é uma coisa fascinante , posso até mesmo dizer , um total vício .
Quero mais , sim . Mas não queria que acabasse já .

Amo-te muito . (L)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Break me, Shake me, Hate me, Take me. (das ende)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Hate Over Grown
» Hate Eternal
» Hate in Flesh - "Wandering Through Despair" (2011)
» Hate That I Love You
» [Super Junior-M] Minha tentativa fail de fazer um review (Break Down MV)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum Português dos Tokio Hotel :: Acabadas-
Ir para: